Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Viral

por Pedro Silva, em 05.11.16

Viral.jpg 

DramaTerrorFicção Científica - (2016) "Viral"

Realizador: Henry Joost, Ariel Schulman

Elenco: Sofia Black-D'Elia, Analeigh Tipton, Travis Tope, Michael Kelly

 

Sinopse: Emma (Sofia Black-D'Elia) e sua irmã levam uma vida normal em um pequena cidade, ao menos até um vírus começar a se espalhar. Com a cidade em quarentena, os pais das garotas ficam presos do outro lado da barreira. Elas passam a viver de fast food e festas, mas, quando o vírus começa a atingir pessoas que elas conhecem, as duas se unem com o vizinho Evan (Travis Tope), paixão secreta de Emma, e fazem um barricada em sua casa. Porém pode ser tarde, pois o vírus já está entre eles.

 

Crítica: “Viral” é, sem sombra de qualquer dúvida, mais do mesmo no que aos filmes apocalípticos mas acaba pro ser muito satisfatório porque os seus intervenientes são pessoas comuns que se cem “apanhas” no meio de um turbilhão que acaba por destruir tudo aquilo que conhecem. Obviamente que a crítica disfarçada à sociedade norte-americana (e não só) traz um certo brilho a este “Viral “ de Henry Joost e Ariel Schulman.

 

Como já aqui o disse, “Viral” é mais do mesmo. E assim porque o seu argumento não nos traz novidade alguma. O que acaba por ser bom dado que invenções em filmes/séries da temática já abundam e aborrecem. O argumento não é nada mau e até que tem momentos em que prende por completo a nossa atenção, mas em certos pontos está “altamente americanizado” até porque me custa a crer que em situações de alto risco os jovens adultos tenham o tipo de comportamento que vamos vendo neste “Viral”. Repito; o argumento está bom mas longe de ser algo que nos “fique na retina”.

 

Quanto ao elenco sou da opinião de que todos tiveram um desempenho normal. Dentro do que é exigido para este tipo de filmes pois claro. A dupla de realizadores procurou actores e actrizes “normais” para fazerem o papel de pessoas normais e o resultado até que foi bastante positivo. Existe aqui e acolá um ou outro exagero, mas convêm não esquecer que falamos de um filme que tem dentro de si uma crítica feroz à sociedade.

 

Já os cenários e banda sonora desiludem um pouco. Claro que os filmes deste género não exigem um trabalho muito profundo em termos de cenários, mas o mesmo não sucede na banda sonora. A banda sonora é um elemento fulcral neste tipo de cinema e “Viral” passa muito ao lado no que a este aspecto diz respeito. Exigia-se algo mais, muito mais, a Henry Joost e Ariel Schulman em termos de cenários e banda sonora.

 

Concluindo; “Viral” tem a minha recomendação não obstante estar longe de ser um filme brilhante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:32


Project Almanac

por Pedro Silva, em 14.06.15

Project_Almanac_poster.jpg 

Ficção Científica, Thriller (2014) - "Project Almanac"

Realizador: Dean Israelite 

Elenco: Jonny Weston, Sofia Black-D'Elia, Sam Lerner, Allen Evangelista

 

Sinopse: Um grupo de jovens embarca numa aventura onde descobrem planos secretos para construir uma máquina do tempo. No entanto, as coisas começam a sair do controle, sendo os efeitos muito diferentes doestavam à espera...

 

Critica: Começo pela nota: Bom.

 

Confesso que quando dei por este filme na minha “videoteca” tive algum receio de o ver, mas a surpresa até que foi agradável.

 

Longe de estar perfeito este filme do Realizador Dean Israelite cumpre a sua missão de filme que entretêm com recurso a um tema de interesse e a interpretações bem conseguidas da parte do seu elenco.

 

Em termos de Argumento sou da opinião de que “Project Almanac” nos apresenta algo de muito positivo neste aspecto. Como já aqui o disse, o tema sobre o qual o filme se vai desenrolando é deveras interessante e os conhecimentos do dito cujo vão-nos surgindo em doses aceitáveis para que um leigo na matéria perceba o que vai acontecendo sem se perder no meio de uma série interminável de conceitos científicos. Para além disto a exploração das variadas fraquezas humanas foi também algo muito bem explorado no que ao argumento diz respeito.

 

Quanto ao elenco, a pedra chave deste Project Almanac na minha opinião, não esteve brilhante mas soube desempenhar o seu papel. É muito por aí que o interesse cresce pois a técnica de filmagem (que por acaso detesto) é muito bem compensada por um conjunto de Actores e Actrizes que sabe o que tem de fazer, como fazer e quando fazer. Só pro este aspecto vale mesmo a pena perder um pouco do nosso preciso tempo a ver este filme.

 

Por último a questão dos cenários que neste Project Almanac assume um papel secundário. E também não parece que Dean Israelite precisasse de “se esticar “ muito neste aspecto. Quem assistir ao filme vai perceber porquê razão digo tal cosia.

 

Concluindo; trata-se de um filme que recomendo. Está longe de ser extraordinário mas entretêm e é o que se exige nesta altura do campeonato.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Janeiro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Publicidade


Futebol Clube do Porto

<<

Dios falleció (RIP 25/11/2020)

<<


No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D