Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Kingsman: Serviços Secretos

por Pedro Silva, em 15.10.17

Kingsman-Servicos-Secretos.jpg 

"Kingsman: The Secret Service"

ComédiaAventuraAcção - (2014)

Realizador: Matthew Vaughn

Elenco: Samuel L. Jackson, Adrian Quinton, Colin Firth, Mark Strong, Jonno

 

Sinopse: Baseado no aclamado comic book «The secret Service», o filme conta a história dos Kingsman – uma organização super secreta de espiões – que recruta um vulgar, mas promissor, rapaz para um programa de treino ultra competitivo da sua agência, assim como uma ameaça global que surge de um desvirtuado génio das tecnologias.

 

Critica: Vi este Kingsman: Serviços Secretos a conselho de alguém que me disse ser melhor ver o primeiro da saga antes de ver o que está em exibição nos cinemas, e confesso que, no geral, foi uma aposta ganha. Não se trata de um filme brilhante, mas até que está engaçado não obstante este Kingsman: Serviços Secretos ser uma espécie de mistura de Missão Impossível com Vingadores e James Bond (e esta última parte era perfeitamente dispensável).

 

Dificilmente poderei afirmar que o argumento desta produção de Matthew Vaughn é excelente. Especialmente porque falamos de algo que tenta ser original sem o ser na realidade, mas também não posso classificar o dito como mau. É um argumento que até que é bom tendo em consideração o tipo de cinema que é. Este tem partes muito interessantes e outras enfadonhas. Especialmente quando o Realizador se lembrou de fazer a sua personagem “dar uma de James Bond”. Em suma, é um argumento que até que entretêm e se adequa - quase na perfeição - ao filme que é sem no entanto ser brilhante.

 

Relativamente ao elenco confesso que em custa um tudo ou nada escrever seja o que for.
Tirando a muito mediana prestação de Samuel L. Jackson, tudo o reste é banal. Perfeitamente banal e adequado a um filme que se centra mais no desempenho físico dos seus actores e actrizes do que propiamente na interpretação de um papel no verdadeiro sentido do termo.

 

Os cenários e banda sonora, embora nada originais, são a melhor parte deste Kingsman: Serviços Secretos- Especialmente a bandoa sonora que (a meu ver) está excelente e foi bem aplicada aos vários momentos da história. Só é mesmo pena a falta de originalidade de alguns cenários que remetem para a tristeza de espírito com que somos brindados em todos os filmes do James Bond.

Concluindo, Kingsman: Serviços Secretos tem a minha recomendação. Agora vamos a ver o que me reserva a sua sequela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:48


The Hateful Eight

por Pedro Silva, em 03.01.16

The_Hateful_Eight.jpg

ComédiaDramaMistério (2015) – “The Hateful Eight”

Realizador: Quentin Tarantino

Elenco:  Samuel L. Jackson, Kurt Russell, Kurt Russell

 

Sinopse: Inspirado nos clássicos do gênero Sete Homens e um Destino (1960) e Os Doze Condenados (1967), o faroeste traz a história de uma diligência contendo vários passageiros, que são impedidos de continuar viagem por causa de uma nevasca. Logo, eles são vítimas de um ataque de caçadores de recompensas e outros criminosos.

 

Critica: Na Vida existem duas coisas inevitabilidades. Uma é que da morte ninguém escapa e a outra é que um filme de Quentin Tarantino é sempre um filme de excelência. Este The Hateful Eight é somente a confirmação (como se fosse preciso) do que escrevi atrás.

 

Tarantino é um génio do cinema que Hollywood resolveu desprezar por inveja. Os “donos do cinema” preferem uma nova geração de Realizadores que nem um filma decente sabem realizar a dar valor a um veterano que quando se retirar do mundo do cinema irá deixar a> Sétima Arte órfã para todo o sempre.

 

The Hateful Eight regressa aos bons tempos de Tarantino. Um filme contado por episódios onde o interesse no sucedido vai subindo gradualmente até atingir o seu pico máximo no final da história que Quentin nos conta com uma destreza e mestria impressionante. Ver este The Hateful Eight é como ir a um Restaurante Michelin.

 

Em termos de argumento esta produção de Tarantino está simplesmente genial. Como já aqui disse, a história desenrola-se calmamente e nenhum pormenor fica de fora. Tudo é apresentado no seu devido tempo e local. Uma excelente forma esta de fazer cinema! A história é complexa mas muito, mesmo muito, interessante e a forma como termina é do melhor que já vi em cinema.

 

Qyuanto ao elenco tenho de dizer que é do melhor que já vi. Quentin Tarantino é conhecido por trabalhar com os melhores e por exigir destes somente o melhor e nada mais. O resultado é um punhado de interpretações que fazem corar quem já venceu a tal de “estatueta de ouro”. Em suma todo o elenco tem um desempenho simplesmente perfeito.

 

Por últimos os cenários e banda sonora. O primeiro é escasso mas o tipo de história que nos é contada não precisa de variar muito em termos de cenário dado que o argumento e elenco fazem o favor de o tornar apetecível e muito apropriado para as circunstâncias. Quanto à banda sonora, esta está simplesmente divinal (assim como tudo o resto neste The Hateful Eight do Mestre Tarantino).

 

Em suma, trata-se de um filme que recomendo vivamente a que vejam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55


Capitão América: O Soldado do Inverno

por Pedro Silva, em 06.08.14

Ficção Científica, Aventura (2014) - Captain America: The Winter Soldier

Realizador: Anthony Russo, Joe Russo 

Elenco: Chris Evans, Samuel L. Jackson, Scarlett Johansson, Robert Redford

 

Sinopse: Depois dos acontecimentos cataclísmicos em Nova Iorque com Os Vingadores, Steve Rogers, também conhecido como Capitão América, vive tranquilamente em Washington, D.C. e tentar-se ajustar ao mundo moderno. Mas quando um colega da S.H.I.E.L.D. está sob ataque, Steve vê-se envolvido numa teia de intrigas que ameaçam colocar o mundo em risco. Unindo forças com a Viúva Negra, o Capitão América luta para desmascarar a conspiração cada vez maior ao mesmo tempo que combate assassinos profissionais enviados para o silenciar a cada passo. Quando toda a trama dos vilões é revelada, o Capitão América e a Viúva Negra recorrem à ajuda de um novo aliado, o Falcão. No entanto, depressa se deparam contra um inimigo inesperado e formidável - o Soldado do Inverno.

 

Critica: Ora cá está um bom exemplo de como se faz um filme com uma personagem da Marvel sem se inventar.

 

Trata-se de um filme normal para o género. Não tem nada a mais nem a menos e para quem gostar do género está aí uma oportunidade de se dar pro bem entregue o seu tempo. Não há nada de infantil no filme, temos acção q.b. e sou da opinião que os Actores foram bem escolhidos e trabalhados.

 

Uma palavra de enorme apreço para a Actriz Scarlett Johansson que fez um “papelaço” neste filme. Um bem-haja a Actrizes com esta qualidade, brio, beleza e profissionalismo que fazem com que cada vez sejamos mais apaixonados pelo Cinema.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:34


Jackie Brown

por Pedro Silva, em 12.07.14

Crime, Drama (1997) - Jackie Brown

Realizador: Quentin Tarantino 

Elenco: Pam Grier, Samuel L. Jackson, Robert Forster 

 

Sinopse: A comissária de bordo trafica dinheiro para os Estados Unidos, a mando de um vendedor de armas. Quando dois polícias oferecem um acordo para que ela entregue o bandido, a mulher decide dar a volta em todos os envolvidos, com um olho na liberdade e outro numa mala cheia de dinheiro.

 

Critica: Resolvi recordar mais um dos grandes clássicos de Tarantino. E descansem os mais sensíveis porque Jackie Brown é uma versão muito light do estilo deste grandioso Realizador. Por isto guardem lá as “facas longas” e os críticos da moral que se voltem a fechar no seu Mosteiro.

 

A pedra chave deste grande filme é o seu enredo. É extraordinário o trabalho do Génio e da grandiosa equipa de actores e de actrizes que trabalharam com ele neste filme. É impossível uma pessoa perder um minuto que seja da acção do filme porque a sua história prende a nossa atenção desde o primeiro minuto até ao último.

 

É realmente uma pena que Tarantino seja um mal-amado da Academia, mas é também verdade que lá pela Academia mora cada “peça” que só visto e como tal não é de estranhar que um Realizador capaz de criar obras extraordinárias como esta que aqui recomendo fique de fora porque o seu grandioso talento perturba a mesquinhez de muita gentinha dita intelectual.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:35


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D