Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Estrelinha de Dragão

por Pedro Silva, em 28.02.16

imgS620I170774T20160228204413.jpg 

imagem de zerozero

 

Não é nenhum crime dizer-se que o Futebol Clube do Porto venceu no Restelo com a ajuda daquela “estrelinha” que por vezes aparece a resolver o jogo. Isto porque há ainda muito trabalho pela frente para Peseiro que tem um plantel muito - mas mesmo muito - limitado.

 

O FC Porto até que entrou bem. O CF Os Belenenses teve muitas dificuldades em “assentar” o seu jogo. Resultado imediato de tal facto? Brahimi “endiabrado” e vantagem de 2 a 0 muito cedo na partida. Tudo parecia fazer crer que os Azuis e do Restelo iam sofrer uma derrota pesada mas rapidamente o cansaço se apossou de André André. Apenas Danilo e Herrera estavam “operacionais” num meio campo que tinha cada vez maiores dificuldades em fazer a ligação com o ataque, e desta forma foi-se desperdiçando, aos poucos, o dia sim de Brahimi e o esforço do sempre combativo Suk

 

Foi mais ou menos a partir desta altura que Carlos Martins começou a surgir no jogo acompanhado das fragilidades defensivas dos Portistas. Fragilidades que estão muito relacionadas com o posicionamento (uma parte do tal muito trabalho que José Peseiro tem pela frente). Não havia ligação entre sectores e muitas vezes os defensores dos Azuis e Brancos tinham de lidar com situações de superioridade numérica do ataque do Belenenses. Como consequência natural de tudo isto o golo do CF Os Belenenses acabou por surgir com naturalidade. Exigia-se a intervenção urgente de Peseiro que, a meu ver, reagiu mal e tardiamente.

 

Com André André “estourado” fisicamente exigia-se a sua troca por Evandro para que o meio campo Portista se voltasse a organizar por forma a “estancar” o fluxo atacante do Belenenses que era cada vez maior e mais perigoso. Peseiro responde com a saída de Corona e a entrada de Marega. Mal Peseiro. Muito mal! E tal só não deu asneira porque Iker Casillas estava num dia sim e realizou um punhado de excelentes defesas. Felizmente José Peseiro percebeu (depois de Casillas ter feito um punhado de enormes defesas) que tinha de fazer entrar Evandro para que o FC Porto voltasse a ter meio campo e algo que ligasse a defesa ao ataque.

 

È bom que os Dragões acabem com este tipo de brincadeiras. O treinador está lá para ajudar a equipa quando é preciso e não para seguir o programa senão de outra forma mais valia ter-se deixado lá estar Julen Lopetegui.

 

De resto é ainda notório que os Dragões necessitam de trabalhar a fundo as transições rápidas. Por três ou quatro vezes poderiam ter feito o 3.º golo numa transição rápida mas o último passe nunca saia em condições. Para além disto se existe um duplo pivô defensivo no meio campo não se pode aceitar que haja uma oportunidade que seja de um jogador adversário rematar na zona frontal da baliza!

 

Em suma, o Futebol Clube do Porto venceu mas escusava de ter passado por um mau bocado, se bem que se compreende que tal suceda dado que não foi José Peseiro quem montou este limitadíssimo plantel.

 

Chave do Jogo: 75', altura em que André André é rendido por Evandro. Até esta altura o CF Os Belenenses vinha a “crescer” no jogo mas com a entrada do Brasileiro os Dragões voltaram a comandar os destinos do jogo e, inclusive, tiveram várias oportunidades de marcar o 3.º golo.

 

Positivo: Iker Casillas. O Guardião Espanhol acabou por ser, mais uma vez, decisivo numa fase em que o Futebol Clube do Porto tinha perdido por completo o domínio da partida.

 

Negativo: Marega. Bem sei que é ainda prematuro fazer juízos de valor de um Jogador que chegou ao Dragão em Janeiro mas exige-se mais, muito mais, a um Jogador que pelos vistos nem uma bola em corrida sabe dominar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:11


Nem tudo foi mau

por Pedro Silva, em 18.02.16

imgS620I170209T20160218191607.jpg 

Imagem de zerozero

 

Se há coisa que mais me irrita no mundo do futebol são as vitórias morais, contudo no actual estado do Futebol Clube do Porto sinto que tenho a obrigação de retirar uma vitória da derrota em Dortmund. É que nem tido foi mau e há sinais de que o caminho que Peseiro está a seguir é o mais correcto até porque é um tudo ou nada complicado fazer-se omeletas sem ovos numa cozinha que não se equipou e construiu.

 

Quando fiz a antevisão deste jogo na Alemanha estava algo receoso. As limitações do FC Porto eram muitas (Marcano lesionado, Maxi e Danilo suspensos) e o Ballspiel-Verein Borussia 1909 e. V. Dortmund é a típica equipa Alemã (velocidade de execução e olhos postos na baliza). O natural era isto acabar em goleada a favor do Dortmund mas não foi nada disto que aconteceu. O FC Porto perdeu o jogo mas não foi por culpa da sua linha defensiva. Foi antes por causa do seu meio campo que trem ainda o “ADN Lopeteguiano” do passe para trás e para os lados e os médios falharam muitos, muitos e muitos passes. Para mais o meio campo é somente o sector mais forte da equipa Germânica.

 

Apesar de tudo a equipa Azul e Branca lutou. Lutou muito, mostrou raça e deu que fazer ao Borussia. E até que poderia ter marcado um golo se tivesse tido um pouco mais de sorte na hora de rematar à baliza. Foi um Porto à Porto que caiu mas que caiu de pé quando o esperado era que tivesse sido vergado da mesma forma que o foi na época passada ante o Bayern.

 

Quanto à eliminatória penso que é cedo para se dizer que está perdida. O futebol é pródigo em surpresas e os Dragões mostraram que podem muito “fazer a vida negra” a este Dortmund.

 

Uma última nota; os críticos da bola que sabem tudo e mais alguma coisa deviam estar caladinhos. É bem verdade que José Peseiro foi a Dortmund jogar à defesa, mas no actual estado de coisas se tivesse jogado de “peito feito” - como os “Mestres da Táctica” queriam - de certeza que teria saído da Alemanha com um resultado bem pior… Relembro que o limitado plantel Portista foi “montado” por Julen Lopetegui, que haviam Jogadores suspensos e que o Borussia Dortmund é mil vezes superior ao SL Benfica. José Pesiero já fez mais pelo Futebol Clube do Porto em menos de um mês do que Lopetegui num ano e meio.

 

Chave do Jogo: Inexistente. É verdade que a equipa Alemã esteve mais por cima na partida. O Borussia dominou mas em momento algum conseguiu “matar” o jogo. A incerteza esteve sempre presente mesmo quando o FC Portos e apanhou a perder por duas bolas a zero.

 

Positivo: Iker Casillas. Não teve um desempenho semelhante ao que levou a cano no Estádio ad Luz mas acabou por ser decisivo em muitos momentos. Será que o “San” Iker veio para ficar?

 

Negativo: O plantel do FC Porto. Até custa a creditar que um Clube tão famoso pela sua estrutura tenha um Plantel com tão poucas opções.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:02


FC Porto 0 x SSC Napoli 0 (breves notas)

por Pedro Silva, em 08.08.15

imgS620I159562T20150808220913.jpg 

Por razões familiares não pude marcar presença no Estádio do Dragão para poder assistir ao vivo e a cores à apresentação do Futebol Clube do Porto aos seus Associados e Adeptos. Apenas pude ir ouvindo o relato da partida ante os Italianos do SSC Napoli e ver, de quando em vez, um ou outro lance pela televisão de um qualquer café.

 

Quer isto dizer que não posse ter uma opinião 100% segura sobre o que se passou hoje no Dragão. Mas pelo que ouve li a coisa não está mal nem bem. Ou melhor; está tudo como se exige para esta altura da época., Os jogadores parecem ter assimilado bem aquilo que Julen pretende que façam em campo, a bola circula com mais velocidade por todo o campo, as jogadas de ataque começam na defesa e não a partir da baliza (há males que vêm por bem e este de Casillas ser um terror com a bola nos pés foi a melhor coisa que poderia ter acontecido), há jogadas de desmarcação, a defesa sabe o que tem de fazer apesar de ainda lhe faltar algum físico mas a pontaria está ainda muito desafinada e, não obstante a quantidade e qualidade do meio campo Azul e Branco, continua a faltar quem paute o jogo dos Portistas

 

Basicamente parece haver ainda muitas arestas por limar, mas não creio que sejam preocupantes pois nenhuma equipa fica pronta na pré temporada. Para mais parece-me que ao contrário do que sucedeu na temporada anterior o Futebol Clube do Porto já tem um sistema de jogo e forma de estar bem implantados na equipa. Apenas precisa de o aprimorar e isto, meus amigos, só com os jogos “a doer” e com vitórias, pelo que será bom-tom que todos nós, Adeptos e Associados do Futebol Clube do Porto, tenhamos alguma paciência para que tudo não acabe por desabar (tal como sucedeu com Paulo Fonseca aquando da sua passagem pela Invicta).

 

Venha o Guimarães! E de preferência com uma vitória Azul e Branca mesmo que a equipa ainda só consiga mostrar bom futebol durante os 30 minutos iniciais da partida!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55


Depois é que se lembram de correr

por Pedro Silva, em 30.03.14

Quando fiz a antevisão do Futebol Clube do Porto x CD Nacional escrevi o seguinte:

 

As equipas de Manuel Machado são complicadas de se defrontar. São sempre muito bem organizadas, trabalhadoras e valem sempre pelo colectivo. O CD Nacional joga assim e quando defronta um dos ditos “Grandes” do nosso Futebol então opta por uma perigosa postura defensiva.

 

Se quiserem vencer hoje os Portistas não devem de forma alguma iludir-se com acedência de terreno que os Nacionalistas vão fazer. O contra ataque da equipa da Pérola do Atlântico é muito venenoso e para mais os Azuis e Brancos vão ser forçados a entrar em campo com uma nova dupla de centrais, o que dificultará ainda mais a tarefa defensiva dos Dragões.

 

E também disse o seguinte:

 

(…) os avançados Mário Rondón e Candeias não são da melhor dupla de ataque do Campeonato mas se lhes derem espaço estes não perdem a oportunidade de marcar golo.

 

Eu que sou um “analfabeto futebolístico” sabia o que valia este Nacional. O Professor Luís Castro também. Já os Jogadores demoram a perceber o recado… Demoram 45 minutos a perceber o que tem de fazer em campo e insistem em fazer asneiras atrás de asneiras que depois custam caro aos Dragões.

 

Agora podem tapar o sol com a peneira, atirar com as culpas para o Árbitro e “atirar pedras” uns aos outros, mas a evidência está à vista de todos: o mal do actual FC Porto não é o Treinador mas sim certos elementos do Plantel que não querem estar na Invicta.

 

Eram dispensáveis as cenas ridículas de Ricardo Quaresma no final do jogo. Falha uma Grande Penalidade e no final ainda prejudica os Portistas com este tipo de atitude que lhe pode custar uma suspensão nos próximos jogos.

 

Uma nota final para pedir a renovação do contrato de Luís Castro. O Homem tem discurso, tem coragem e tem sabedoria táctica.

 

Venha o Sevilha e já agora com empenho total da parte dos Atletas Azuis e Brancos desde o primeiro minuto e não só na segunda parte.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:29


Ratitos

por Pedro Silva, em 26.02.14

Pinto da Costa disse há uns dias atrás que só os ratos é que fogem. Esqueceu-se que actualmente no plantel existem uns ratitos que nas alturas de crise resolvem dar a cara nas redes sociais. A ideia destes é a de ir roendo a corda a ver se a coisa cola porque de outra forma ninguém lhe liga puto.

Vem isto a respeito do desabafo de Kelvin. Sempre gostei do miúdo e sempre vi nele muito talento. Mas Kelvin precisa de crescer como qualquer outro Jogador e não me agradou a histeria colectiva que se criou em seu redor depois de este ter dado o título de Campeão Nacional ao FC Porto no célebre minuto 92.

 

Como já disse, o Brasileiro é muito jovem e facilmente se deixa levar pelas emoções. Depois temos os empresários que querem sempre ganhar o seu á custa de talentos como o Kelvin, pouco ou nada se importando com o seu futuro profissional.

 

Ora se Kelvin está farto então tem boa solução; fala com o seu representante, arranja quem pague o valor do seu passe e siga para outro lado. Para mais estamos a falar de um Jogador que nem nos tempos de Vítor Pereira era titular indiscutível pelo que lhe fica muito mal este tipo de atitude à ratito.

O outro ratito do Plantel Portista é o Guardião Fabiano que optou pelo mesmo estratagema. A solução é a mesma e para mais o colosso Italiano Hellas Verona anda à procura de artistas de circo porque o Iturbe sozinho não tem piada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D