Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Começa a ser um sacrifício…

por Pedro Silva, em 10.05.15

258967_med_fc_porto_v_gil_vicente_liga_nos_j32_201 

Efectivamente começa a ser um sacrifício tremendo ir ao Dragão ver o FC Porto jogar! Que tristeza de modelo de jogo este que Julen Lopetegui insiste em implementar à força na equipa Azul e Branca. Para mais do outro lado do relvado estava um Gil Vicente que veio à Invicta remeter-se à sua defesa e rezar para que o seu golo surgisse de um ressalto (e quase que tal sucedia!).

 

Eu até que sou dos primeiros a dizer que prefiro a vitória a um bom jogo de futebol, mas o que se viu hoje em pleno Estádio do Dragão é mau demais para qualquer adepto aguentar.

 

O Futebol Clube do Porto não pode andar 45 minutos a trocar a bola para trás e para os lados no seu meio campo. Nem sequer deve pensar em tal coisa! Um candidato ao Título deve entrar em campo decidido a vencer o jogo e não em fazer jogo passivo até que a genialidade de um ou outro Atleta resolva a partida. Se não tivesse surgido o golo nos primeiros minutos da partida de certeza que os Azuis e Brancos teriam chegado ao intervalo empatados a zero e a ter de enfrentar na segunda parte um Gil moralizado e os nervos de um Estádio a exigir a vitória.

 

Assim não pode ser Julen! Já é milésima vez que digo que a posse pela posse não serve para absolutamente nada! A equipa tem de progredir no campo em posse e recorrendo ao “toca e foge” do FC Barcelona de Guardiola e da Alemanha de Joachim Löw. Custa assim tanto perceber isto Julen?

 

E já que estamos numa de “recados”, Lopetegui já vai sendo de impores aos teus Jogadores uma maior proximidade entre linhas. È que isto e andar a trocar a bola com os Jogadores a uma distância muito grande entre eles pode ser a morte do artista. Por acaso isto hoje não aconteceu porque do outro lado estava o Gil Vicente do medroso José Mota, mas fosse outro o protagonista e de certeza que não estaria agora a dissecar uma vitória Portista.

 

Vá o segundo lugar já é posse do FC Porto. Sabe a pouco, muito, muito, mas mesmo muito pouco, mas é o que se pode ter neste momento…

 

Vamos a ver se o Guimarães e o Marítimo fazem uma “gracinha” nestas duas últimas jornadas. Acredito mais nos Madeirenses do que nos Vimaranenses dado que os primeiros tem de vencer os seus jogos todos até à última jornada para se qualificarem para a Europa, mas vamos a ver o que vai acontecer. E isto partindo do principio de que o FC Porto ganha os seus jogos pois claro!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:12


Lopeteguices dão nisto

por Pedro Silva, em 21.04.15

7p5fqk.jpg 

Não há muito a dizer senão que o Futebol Clube do Porto teve na Alemanha o resultado que o seu Treinador mereceu. Quando fiz a antevisão do Bayern x Porto já tinha alertado para o facto de que ser fundamental Lopetegui não ter um “ataque de Treinador à Portuguesa”, mas pelo vistos o Espanhol não me deu ouvidos e preferiu ir atrás da cisma da muita malta da Nação Azul e Branca para com Ricardo Pereira.

 

Apostar em quatro centrais para a linha defensiva, sendo que só dois deles (Martins Indi e Maicon) tinham alguma rotatividade nas faixas laterais da defesa é estúpido. Já apostar em Diego Reyes, jogador que sempre que jogou tem sido uma tremenda nulidade, para defesa lateral direito, deixar a Quaresma a tarefa de defender e atacar por todo o flano direito e fazer entrar o único defesa lateral direito disponível (Ricardo Pereira) após estar a perder por três boas, a zero na primeira parte do jogo nem suicídio é… É bem pior do que isto. É uma Lopeteguice!

 

Nem vale a pena dizer mais nada. Só peço para que não retirem desta pesada e histórica derrota (desde 1978 que os Dragões não sofriam uma derrota tão pesada na Europa) coisas positivas.

 

Apontem antes o dedo a toda a trapalhada que o Treinador e equipa do FC Porto fizeram numa eliminatória que esteve na mão dos Azuis e Brancos pois no próximo Domingo é toda uma Época que vai estar em jogo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:03


Caiu a máscara de Pep Guardiola

por Pedro Silva, em 17.04.15

 

Pessoalmente nunca me deixei enganar por este artista de nome Pep Guardiola.

 

Cavalheiro? Respeitador? Um exemplo de Profissional? Pois, pois. O Mourinho é que é uma besta e o Pep um santo.

 

p.s. É nestas coisas que se vê a pequenez de uma equipa que se diz grande. E depois querem que eu guarde respeito aos Alemães. Deixem-se estar que em Munique levam o resto do recado. Não perdem pela demora!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:28


Quando o Treinador resolve aparecer

por Pedro Silva, em 15.04.15

imgS620I153576T20150415211725.jpg 

Um importante ponto prévio para que não se retirem conclusões idiotas; tenho por hábito elogiar Julen Lopetegui quando acho que este merece tal e critico-o quando tenho de o criticar. Que isto fique bem patente na mente de quem vai iniciar a leitura desta minha opinião. Passemos para a opinião propiamente dita.

 

Se há jogos onde tenho de tirar o chapéu a Lopetegui é este ante o Bayern. O Basco deu aquilo que no mundo da bola se chama de “banhada táctica” a um dos melhores Treinadores do Mundo! Desta vez Julen soube o que tinha de fazer, como fazer e, mais importante que tudo, quando o fazer.

 

Gostei de ver e perceber que este Futebol Clube do Porto colocou de lado uma teimosia que já lhe custou tantos pontos no nosso Campeonato e optou por um jogo prático, feio e simples quando tinha de o fazer e optou pela sua posse pela posse quando o jogo exigia tal postura. É natural que se diga que os Azuis e Brancos tiveram alguma sorte nesta sua grandiosa vitória ante um crónico candidato à vitória final na Champions, mas como tudo na Vida a sorte procura-se e se há coisa que esta equipa fez foi por ter sorte e vencer de forma categórica um colosso Europeu.

 

Quanto às “mexidas” acho que Lopetegui esteve muito bem. O ponto alto da sua intervenção na partida notou-se no intervalo dado que conseguiu acalmar e colocar novamente nos eixos a equipa que parecia estar a acusar a vantagem de dois golos que tinha alcançado numa fase prematura da partida. Só me pergunto porquê razão Julen não consegue ser este Líder em certos jogos do nosso Campeonato, pois se o tivesse sido em certos momentos chave de certeza que Jorge Jesus não estaria neste momento a gozar com o nome do Basco.

 

Relativamente ao golo sofrido pelo FC Porto nada a dizer e fazer. É daqueles golos onde é complicado apontar o dedo a alguém porque houve talento e muito trabalho da parte do adversário. Se bem que acho que se recomenda mais alguma atenção à defesa Portista em certos momentos do jogo. Um problema antigo (digo eu)…

 

Duas notas finais para encerrar:

 

- Nunca vi uma equipa de Pep Guardiola a dar tanta pancada em campo. Mais uma prova de que Julen Lopetegui deu um autêntico “banho de táctica” ao Catalão;

 

- Esta vitória Portista é inteiramente dedicada aos que andaram a pintar um desfecho negro para o FC Porto. Com ou sem 6 lesionados o Bayern é uma equipa de peso e acabou derrotada pelo Dragão. A esta malta que agora vai banalizar esta vitória Azul e Branca que batam com a cabeça na parede vezes sem conta para aliviar as dores de cotovelo.

 

Venha a Académica!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15


A melhorar

por Pedro Silva, em 23.02.15

Por questões meramente profissionais apenas pude seguir com olhos de ver a segunda parte do Boavista FC 0 x FC Porto 2. A primeira parte desta partida segui via rádio mas estou seguro quando afirmo que Julen Lopetegui está a melhorar e a perceber como tem de estar no futebol português. Demorou mas finalmente o Basco está a melhorar no que à gestão do seu plantel diz respeito e apenas tem de melhorar na questão da posse. Vamos por partes.

 

Esta partida no Bessa tinha dois grandes obstáculos para os Dragões: Chuva e um Relvado sintético. Ora tal exigia um Porto combativo que tentasse fazer um jogo rápido para que a bola circulasse por todos os sectores como tanto gosta Julen. Mas não foi isto que aconteceu.

 

Durante quase 80 minutos tivemos um FC Porto lento, chato e previsível que perante uma equipa Boavisteira fechada na sua defesa não soube, em momento algum, imprimir um pouco de velocidade para que a posse da bola fosse algo mais do que o toca para trás e para os lados. Não sur+reendia ninguém o empate a zero ao intervalo.

 

E foi aqui que Lopetegui mostrou estar a fazer os possíveis para melhorar o seu desempenho enquanto Treinador do Clube Azul e Branco. Fazer entrar Tello e Brahimi na segunda parte foi uma excelente jogada que trouxe velocidade e criatividade ao jogo. A velocidade de Tello acabou por dar a vitória e os três pontos ao Futebol Clube do Porto.

 

Só lamento que Julen Lopetegui tenha necessitado de tanto tempo para saber como deve estar numa equipa como o Futebol Clube do Porto. Vamos a ver se ainda vai a tempo de conquistar o Título de Campeão desta Época, se bem que não me agrada nada isto de ter de esperar por desaires alheios…

 

Ainda sobre o jogo do Bessa queria deixar aqui duas notas finais:

 

- José Ángel está a demonstrar claras dificuldades em se adaptar ao Dragão. Por pouco o Espanhol não fazia um tremendo disparate defensivo que quase dava golo ao Boavista FC. E se os Axadrezados tivessem marcado golo era o valha-me Deus para dar a volta ao jogo. Confesso que esperava mais de Ángel, se bem que compreendo que a falta de jogos o impeça de ir melhorando;

 

- Casemiro tem mesmo de jogar de início? É que Rúben Neves é o Jogador perfeito para o estilo de jogo que Lopetegui tanto gosta. O moço sabe como pautar o jogo e tem uma capacidade de passe fabulosa. Não gosto de comparações mas Rúben faz-me lembrar o Xavi do tempo do FC Barcelona de Pep Guardiola. Merecia, e deveria, jogar mais vezes. O jogo do Futebol Clube do Porto agradece.

 

Venha o Sporting CP!

imgS620I150961T20150223222216.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D