Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Isto de se compreender o monstro

por Pedro Silva, em 11.01.16

Crónica RS.jpg 

1 – A semana passada foi abalada pela notícia de que a Coreia do Norte terá conseguido detonar, com sucesso e pela primeira vez, uma bomba de hidrogénio.

 

Se a informação avançada pelo regime de Pyongyang for verdadeira, este é um significativo passo no desenvolvimento do programa nuclear da Coreia, que já levou o Conselho de Segurança das Nações Unidas a convocar uma reunião de emergência. O Reino Unido, a França e Estados Unidos terão considerado que esta é uma "violação inaceitável" das resoluções da ONU, e até a China, o principal aliado da Coreia, disse que se "opõe firmemente" ao teste.

 

2 – Como reagiram as principais potências ao sucedido?

 

O Reino Unido, a França e Estados Unidos terão considerado que esta é uma "violação inaceitável" das resoluções da ONU. A China, principal aliado da Coreia, disse que se "opõe firmemente" ao teste.

 

Do lado da Coreia do Sul, principal opositor da Coreia do Norte no conflito armado, as reacções não são muito diferentes. O website NK News, que tem correspondentes em Washington e Londres, fala de desenvolvimentos perigosos a que Washington, Seul e Tóquio devem dar uma resposta conjunta, defendendo mesmo o fim das “políticas tímidas” de Obama para sancionar a Coreia do Norte. Já o “Korea Times”, que dedica um editorial titulado “A imprudência da Coreia do Norte” a esta questão, classifica o comportamento do líder norte-coreano como “sempre imprevisível”. Defendendo uma acção mais proactiva dos seus governantes, o título sul-coreano remata declarando que “nem se discute que a Coreia do Norte deve pagar o preço mais alto possível pelas suas ações precipitadas”. O “Korea Herald”, por sua vez, defende no editorial que é necessário dar uma “resposta concertada” a Pyongyang - uma resposta que “inflija dor real à Coreia do Norte”.

 

3 – Temos então que para um problema extremo o Mundo pretende, no papel e nunca na prática, uma solução extrema.

 

Não é por nada, mas a História já nos mostrou o que sucede quando se parte para a resolução de um problema de uma forma extrema. Ainda hoje estamos todos a pagar um alto preço pelo que o Ocidente pomposamente apelidou de “Primavera Árabe”.

 

É verdade que o regime norte coreano é um atentado à Humanidade em todos os aspectos, mas também é verdade que todos os conflitos que surgiram no Oriente foram do pior que uma Guerra poderia ter feito. Muito especialmente a famosa Guerra entre as Coreias onde os Estados Unidos da América participaram (mesmo que de forma indirecta) no conflito. Diga-se, a título de exemplo, que era prática das Tropas sul coreanas a colocação de soldados norte coreanos capturados em casas onde depois os queimavam vivos.

 

E penso não valer a pena mencionar as enormes atrocidades que aconteceram naquela zona do Globo quando o Japão se lembrou de invadir a Península Coreana e China…

 

4 – Ora isto para se chegar a uma simples conclusão: não é com armas e sanções que se vai derrubar a Ditadura sanguinária de Kim Jong-un. Este problema não se resolve com o habitual alarido mundial sempre que o Regime norte coreano se lembra de dar sinais de vida.

 

Numa zona do planeta onde as diferenças fomentam o ódio, muito por força das intervenções ocidentais dos séculos XIX e XX, a violência e ingerência do Ocidente só servem para uma coisa: alimentar o monstro que criamos!

 

Adoptar uma política de diálogo e de compreensão que acabe com a provocação e fomente a aproximação entre os Povos acabaria de vez com a mais obscura Ditadura do Mundo, mas para isto era preciso que a Coreia do Sul estivesse para aí virada e que os Estados Unidos da América não tivessem intenções de controlar aquela que será, muito em breve, a zona mais rica do Planeta Terra.

 

Artigo publicado no Repórter Sombra

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:56


Não aprendemos nada

por Pedro Silva, em 08.01.15

Se há coisa que cada vez mais me convenço é que nós, Ocidentais, cada vez mais somos egocêntricos e não aprendemos absolutamente nada com os nossos erros crassos.

 

Já muitos litros de sangue inocente se derramou e continuará a derramar porque não sabemos de vez ter a humildade de perceber que erramos. Na nossa clara sapiência autoritária criamos bestas desumanas que se viram contra nós como sucedeu ontem em Paris.

 

Sim, os Terroristas que balearam os cartoonistas Franceses e todos os que se encontravam na Redação da revista Charlie Hebd foram treinados, criados e arquitectados por nós Ocidentais.

 

Guerra no Afeganistão contra um inimigo invisível, Invasão injustificada do Iraque tendo como pano de fundo o assalto descarado aos poços de petróleo, bombardeamento criminoso e unilateral da Líbia e o conflito armado da Síria onde os grupos radicais são patrocinados pelo Ocidente numa Guerra que parece não ter fim à vista são somente alguns dos exemplos recentes de viveiros de Terroristas com patrocínio Ocidental.

 

A arrogância do Ocidente continua no seu auge e a prova dos nove está à vista de todos pois ao ataque cobarde de Paris respondemos com radicalismo, gozo e provocação.

 

Não se faz uma imprescindível pausa para se perceber como é que um grupo de indivíduos de metralhadora em punho, e sabe-se lá que mais, conseguiu passear-se tranquilamente pelas ruas de uma Capital Europeia, entrar num edifício, matar tudo o que por lá se mexia e sair impunemente.

 

Só a arrogância pode explicar tal actuação da parte das Autoridades de um País como a França… Autoridades que deveriam estar mais do que preparadas para evitar este tipo de chacina, diga-se de passagem!

 

Repito, o Ocidente no alto da sua eterna sabedoria e sapiência não faz reflexão alguma. Prefere antes mostrar o seu músculo a quem quer precisamente isto: o extremar de posições e de pensamentos. E enquanto tudo for assim muitos inocentes morrerão porque nunca aprendemos absolutamente nada de nada!

Oriente-Ocidente.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:54


Lupin III

por Pedro Silva, em 24.10.14

Lupin.jpg

Lupin III (ルパン三世, Rupan Sansei), também conhecido como Lupin 3.º, é uma série de mangá, escrita e ilustrada por Kazuhiko Kato sob o pseudônimo de Monkey Punch.

 

A história segue as aventuras de um grupo de ladrões liderados por Arséne Lupin III, neto de Arséne Lupin, o ladrão cavalheiro da série de romances de Maurice Leblanc. Lupin, e o seu grupo de ladrões, viajam pelo Mundo para roubar tesouros e escapar à Lei.

 

O primeiro mangá de Lupin III apareceu na revista Weekly Manga Action em 10 de Agosto de 1967, e de imediato gerou uma franquia de Media que incluiu mangás, várias versões animadas, filmes, lançamentos directos para vídeos, especiais anuais de televisão, CDs de música, jogos e um musical.

 

A série continua a ser popular e as adaptações anime tem atraído a atenção de Directores como Shinichiro Watanabe e Steven Spielberg.

 

Critica: Recordo-me de ter visto alguns episódios do Lupin III quando era miúdo. Salvo erro a Televisão Portuguesa passou alguns episódios, muito poucos, do anime na década de 80 e 90 para depois nunca mais se ouvir falar de Arséne Lupin. Mas do pouco que vi foi o suficiente para na altura ter ficado completamente “viciado”.

 

Falamos, sem a mais pequena margem +para dúvida, de um anime muito antigo mas com uma história e personagens muito cativantes e peculiares. Cada episódio de Lupin era uma caixinha de surpresas que misturava cultura Ocidental e Oriental. Um mimo!

 

Hoje em dia é muito fácil encontrar-se os 23 episódios que constituem o anime original de Monkey Punch. Basta uma pequena pesquisa no youtube e pronto, podem recolher a justa recompensa pela busca de algo muito bom e que recomendo vivamente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:49


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D