Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Este Porto não dá mais do que isto

por Pedro Silva, em 25.02.16

 

imgS620I170604T20160225215535.jpg

imagem de zerozero

 

Realmente cada vez menos se entende os adeptos do Futebol Clube do Porto. No Domingo era tudo loas e maravilhas à equipa. Era tudo raça, querer e Porto à Porto, hoje já tudo é mau, o Treinador não presta e os Jogadores são fracos. Sinceramente cada vez tenho menos paciência para esta malta… E já agora hoje não vem para a net e para as conferências de imprensa com a história do “colinho”? É que o árbitro do FC Porto 0 x BVB Dortmund foi um “amigalhaço” daqueles dos Alemães! Adiante.

 

Quanto ao jogo em si, sendo mais realista, foi uma partida de pré temporada onde José Peseiro terá tirado – mais uma vez – alguns apontamentos interessantes.

 

O que me saltou mais à vista é que no final desta temporada vai ter de haver uma enorme “limpeza de balneário”. Isto porque existem Jogadores no plantel que não tem qualidade alguma para jogar numa equipa como o Futebol Clube do Porto. José Àngel é um deles, Marega é uma dúvida e parece que o moço não consegue conquistar os eu lugar no onze, Marcano e um central competente mas não serve os interesses do FC Porto que tem a obrigação de fazer muito mais a nível interno e externo, Aboubakar é demasiado instável emocionalmente o que faz com que o Camaronês tanto esteja em grande como de repente desaparece por completo do campo por aí adiante. Em suma; o que é preciso saber é quem quer realmente ficar no Dragão e dar tudo pelo Clube como faz Suk sempre que entra em campo e/ou joga de início.

 

Em suma, o resultado final do jogo e da eliminatória dos 16 avos de final da Liga Europa assenta quem nem uma luva a este Futebol Clube do Porto que é um estaleiro de obras que, como tal, não dá para mais do que isto que todos vimos hoje no Estádio do Dragão.

 

Chave do Jogo: A dita não apareceu nesta partida. Isto porque esta já tinha aparecido no jogo da primeira mão que se realizou em Dortmund. O resultado de 2 a 0 permitiu à equipa Alemã vir à Invicta disputar uma partida que controlou quase na totalidade.

 

Positivo: Suk. Mais uma vez o Sul-coreano mostrou que quer dignificar a camisola do Futebol Clube do Porto. Fossem todos como ele e de certeza que os Dragões estariam na fase seguinte da Liga Europa.

 

Negativo: Mark Clattenburg. O árbitro do jogo validou, mal, o primeiro e único golo do jogo e acabou por ser muito “pró Dortmund” quando Nuri Şahin agrediu Danilo Pereira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:26


Nem tudo foi mau

por Pedro Silva, em 18.02.16

imgS620I170209T20160218191607.jpg 

Imagem de zerozero

 

Se há coisa que mais me irrita no mundo do futebol são as vitórias morais, contudo no actual estado do Futebol Clube do Porto sinto que tenho a obrigação de retirar uma vitória da derrota em Dortmund. É que nem tido foi mau e há sinais de que o caminho que Peseiro está a seguir é o mais correcto até porque é um tudo ou nada complicado fazer-se omeletas sem ovos numa cozinha que não se equipou e construiu.

 

Quando fiz a antevisão deste jogo na Alemanha estava algo receoso. As limitações do FC Porto eram muitas (Marcano lesionado, Maxi e Danilo suspensos) e o Ballspiel-Verein Borussia 1909 e. V. Dortmund é a típica equipa Alemã (velocidade de execução e olhos postos na baliza). O natural era isto acabar em goleada a favor do Dortmund mas não foi nada disto que aconteceu. O FC Porto perdeu o jogo mas não foi por culpa da sua linha defensiva. Foi antes por causa do seu meio campo que trem ainda o “ADN Lopeteguiano” do passe para trás e para os lados e os médios falharam muitos, muitos e muitos passes. Para mais o meio campo é somente o sector mais forte da equipa Germânica.

 

Apesar de tudo a equipa Azul e Branca lutou. Lutou muito, mostrou raça e deu que fazer ao Borussia. E até que poderia ter marcado um golo se tivesse tido um pouco mais de sorte na hora de rematar à baliza. Foi um Porto à Porto que caiu mas que caiu de pé quando o esperado era que tivesse sido vergado da mesma forma que o foi na época passada ante o Bayern.

 

Quanto à eliminatória penso que é cedo para se dizer que está perdida. O futebol é pródigo em surpresas e os Dragões mostraram que podem muito “fazer a vida negra” a este Dortmund.

 

Uma última nota; os críticos da bola que sabem tudo e mais alguma coisa deviam estar caladinhos. É bem verdade que José Peseiro foi a Dortmund jogar à defesa, mas no actual estado de coisas se tivesse jogado de “peito feito” - como os “Mestres da Táctica” queriam - de certeza que teria saído da Alemanha com um resultado bem pior… Relembro que o limitado plantel Portista foi “montado” por Julen Lopetegui, que haviam Jogadores suspensos e que o Borussia Dortmund é mil vezes superior ao SL Benfica. José Pesiero já fez mais pelo Futebol Clube do Porto em menos de um mês do que Lopetegui num ano e meio.

 

Chave do Jogo: Inexistente. É verdade que a equipa Alemã esteve mais por cima na partida. O Borussia dominou mas em momento algum conseguiu “matar” o jogo. A incerteza esteve sempre presente mesmo quando o FC Portos e apanhou a perder por duas bolas a zero.

 

Positivo: Iker Casillas. Não teve um desempenho semelhante ao que levou a cano no Estádio ad Luz mas acabou por ser decisivo em muitos momentos. Será que o “San” Iker veio para ficar?

 

Negativo: O plantel do FC Porto. Até custa a creditar que um Clube tão famoso pela sua estrutura tenha um Plantel com tão poucas opções.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:02


O esperado (ou Lolotegui)

por Pedro Silva, em 09.12.15

imgS620I166162T20151209214032.jpg 

Imagem retirada de zerozero

 

Sendo sincero não me surpreende esta derrota ante o Chelsea FC. Não pela história negativa dos Azuis e Brancos sempre que jogam em solo Britânico, não porque do outro lado do campo estava o Melhor Treinador do Mundo, não porque o Chelsea é uma equipa de milhões com Jogadores de Classe Mundial mas sim porque o Futebol Clube do Porto tem um Treinador que ainda não percebeu que não se pode optar por sistemas de jogo alternativos se estes não estiverem trabalhados nos treinos.

 

Custa-me um pouco a perceber como é que um Treinador que sabendo que precisa de ganhar o jogo para poder continuar na Liga dos Campeões aposta num onze com três centrais e sem ponta de lança. É caso para se dizer que para Julen Lopetegui a desgraça de Munique nunca aconteceu.

 

Outro factor que poderá ter custado a passagem à fase seguinte da Liga dos Campeões prende-se com a Doyen. È verdade que a parceria com a Doyen permite aos Dragões contratar jogadores que de outra forma o Clube Portista não poderia contratar mas a outra “face da moeda”, por vezes, complica o que é simples. Isto porque a Doyen, interessada em reaver o seu investimento, força a entrada nos onzes iniciais de certos Jogadores que não estão em forma ou que estão a ter dificuldades em se adaptar à equipa e depois dá no que dá… Refiro-me a Imbula, claro está! E é mau para o Clube que deixa de ter ali uma opção para os jogos que tem de enfrentar e para o Jogador que vai sendo “queimado” em lume brando.

 

E pronto, Venha de lá a Liga Europa. Menos dinheiro e adversários de Champions tais como Valência, Manchester United, Liverpool, Borrussia Dortmund, etc., etc.

 

Chave do Jogo: Desta vez a chave que resolveu a partida a favor da equipa de José Mourinho apareceu ainda antes do jogo começar. Lopetegui ao apresentar um onze “montado” para o pontinho deu claramente a vantagem aos Blues de Londres que não deixaram de aproveitar esta grandiosa oferta.

 

Positivo: É complicado retirar algo de positivo deste jogo (para o lado do FC Porto claro), mas acho que de positiva foi somente a vontade dos Jogadores azuis e Brancos de darem a volta a um resultado que era cada vez mais negativo. Neste campo coloco também O Argelino Brahimi que deu o que tinha e não tinha pelo FC Porto.

 

Negativo: Já aqui o disse e repito Julen Lopetegui esteve mal. Muito mal. E pagou cara a sua habilidade técnica que não se justifica, de forma alguma, com uma suposta gestão de esforço do plantel Portista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:39


Tenham vergonha na cara!

por Pedro Silva, em 10.04.14
É o que me apetece dizer depois de ter visto um Futebol Clube do Porto cujos Jogadores parecem só jogar à bola quando o rei faz anos. Então quando nos debruçamos sobre a defesa Azul e Branca é o valha-me Deus nosso Senhor porque é cada disparate que nem aos Juniores se tolera.

 

Mau, muito mau para não dizer péssimo. O facto de ter sofrido um golo quando o Sevilha jogava com dez Atletas diz muito do empenho da Defesa Portista. E como um mal nunca vem só eis que os restantes Jogadores não sabem a regra basica do futebol moderno que é o “toca e foge” para que se criem linhas de passe. Em certos momentos até parece que estão a atirar bolas à parede.

 

Antes ainda havia a desculpa de o Dragão ter no seu comando um Paulo Fonseca que não tinha “pedalada” para o desafio, já agora não se pode dizer o mesmo porque o Professor Luís Castro já mostrou por mais que uma vez que percebe da coisa e que é corajoso. Desta forma não há Treinador que resista!

 

Sinceramente, que chegue o final da Temporada para se levar a cabo uma enorme “sangria” no plantel. Já mete nojo ver tanto disparate da parte de Jogadores que no passado mostraram ser de um valor fora de série!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:19


Mais vezes Porto!

por Pedro Silva, em 03.04.14

Depois de ter visto a vitória do Futebol Clube do Porto sobre uma das melhores equipas de Espanha pergunto porquê razão este Dragão não joga mais vezes desta forma?

 

Houveram asneiras, passes errados e alguma desconcentração em certos momentos do jogo, mas nada que fizesse lembrar a anormalidade que se viu na Madeira ante o CD Nacional por exemplo.

 

A defesa Azul e Branca que tanta água se fartou de meter no passado esteve muito mais segura e quando alguém falhava eis que rapidamente outro colega aparecia para fazer a emenda. O meio campo esteve bem sem ter sido exuberante e o ataque deu que fazer aos Sevilhanos com várias bolas a irem embater com estrondo na baliza de Beto.

 

Daí que faça novamente a pergunta: onde estava este Futebol Clube do Porto?

 

Lá com isto a eliminatória está a meio com os Portistas em vantagem por uma bola a zero. Pelo que tenho visto o Sevilha tem tido piores resultados em casa do que fora na Liga Europa, mas o futebol está longe de ser uma ciência exacta e tanto Jackson (viu amarelo e está impedido de jogar o próximo jogo) como Fernando (expulsão estúpida pá) não vão poder jogar, mas se o onze que Luís Castro escalar jogar com esta vontade e confiança é quase certo que as meias-finais estarão já ali.

 

Uma nota final para colocar aqui uma questão: Com Beto a fazer o que faz no Sevilha porquê carga de água Paulo Bento insiste em entregar a baliza da Selecção Nacional ao frangueiro do Rui Patrício?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D