Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sobre as Juventudes Partidárias

por Pedro Silva, em 28.03.15

502991.gif

Tive a oportunidade de ter feito parte de duas Juventudes Partidárias. Quais foram não interessa porque não vou aqui debater em qual das duas tive uma melhor experiência, mas sim procurar reflectir sobre o quão positivas estas podem ser para a nossa Sociedade.

 

Numa Sociedade onde os Cidadãos cada vez menos se interessam pelo País cabe às Juventudes Partidárias a dura tarefa de contornar esta espiral de desinteresse.

 

O problema é que estas Organizações já há muito que foram tomadas de assalto por indivíduos de ambos os sexos que procuram fazer da Política a sua carreira profissional alimentando a Corrupção porque tal faz parte da sua profissão. São por norma pessoas com formação superior mas que nunca souberam o que é o mundo do trabalho dado que andaram, e andam, sempre próximas do Poder e dele vivem e sobrevivem como parasitas que se tornam cada vez mais gananciosos à medida que o tempo passa. Paulo Portas, José Sócrates, Miguel Relvas, Carlos Moedas e Passos Coelho são alguns bons exemplos deste tipo de indivíduos. Para além do problema dos “papa tachos” que nunca fizeram nada na Vida senão Política, eis que temos os fanáticos que fazem da sua militância uma espécie de Clubismo e tudo o que o Líder diz e faz, por muito disparatado que possa ser, é para se vangloriar e quem não alinhar na dança é atirado borda fora.

 

O Bloco de Esquerda optou por não ter Juventude Partidária porque, como disse atrás, estas já não são bem vistas pela Sociedade, mas não creio que a solução passe por tal radicalismo. E também não é pelo facto de o Bloco não ter uma Juventude Partidária que faz dele um Partido credível aos olhos da maioria dos Portugueses. Os últimos resultados eleitorais falam por si.

 

O que as Juventudes Partidárias precisam é de ser mais pro activas, terra a terra e mostrar interesse e vontade de intervir verdadeiramente na Sociedade mostrando que estão atentas, do lado dos Cidadãos e que trabalham sempre em prol do bem-estar deste último. Esta atitude da JSD (Juventude Social Democrata), embora sendo de um Partido que não me identifico nem nunca me identificarei, é de louvar e parece-me ser algo bem-intencionada se bem que tem por detrás uma clara intenção política. O problema é que isto será, quase de certeza, sol de pouca dura…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55


O triunfo dos leitões

por Pedro Silva, em 15.01.14

Restaurante cobrou mais ao CDS para compensar roubos do Governo

 

In. Jornal de Notícias

 

Sinceramente não estou de acordo com a suposta atitude do restaurante. Não estou porque já diz o velho ditado popular “não faças aos outros aquilo que não queres que façam a ti”. Para mais se vier a confirmar a versão do partido estaremos perante uma burla e tal é um crime com o devido quadro penal.

 

Agora isto não invalida que não se possa retirar uma importante conclusão. A tal atitude do dono do restaurante, a confirmar-se, tem uma razão de ser.

 

Para além da Função Pública a Restauração tem sido dos sectores que o actual Executivo PSD/CDS optou para fustigar com impostos, taxas e sobretaxas.

 

É público o impacto destrutivo da subida da taxa do IVA da Restauração e o quanto isto tem obrigado a que muitos negócios declarem falência. A medida em si não é justa, não é proporcional e é apenas mais um “torpedo” que atinge o “porta-aviões” da Economia Portuguesa.

 

A juntar a isto temos que quando Pires de Lima (um dos nomes sonantes do CDS-PP) foi nomeado Ministro da Economia este anunciou como uma das suas grandes bandeiras a descida do IVA da Restauração. Só que tal nunca passou de uma promessa e o Sr. Ministro “comeu e calou como um bom soldado” e não colocou o seu lugar à disposição como seria de esperar de um bom cidadão e político.

 

Perante o exposto não é difícil perceber porquê razão o restaurante tomou a tal atitude que é relatada no facebook do CDS Algarve.

 

Caberia aos Centristas fazer uma leitura calma da situação para tentarem entender o que terá levado o dono do estabelecimento a ter a atitude de que é acusado. Seria mesmo de bom-tom que o Partido de Paulo Portas parasse um pouco para reflectir por forma a perceber que muita gente começa a ficar farta dos seus “irrevogáveis” e “linhas vermelhas”.

 

Mas mais depressa os leitões vencem a sua batalha jurídica contra o CDS-PP do que outra coisa qualquer.

 

Ainda está para vir o dia em que a sensatez irá imperar no tal partido que agora se orgulha de ser a primeira coligação a durar tanto tempo e cuja Juventude Partidária queria acabar com a escolaridade obrigatória em nome da liberdade de escolha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:17


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D