Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Atomic Blonde - Agente Especial

por Pedro Silva, em 05.11.17

c597e70f-8f73-47e1-8904-d6d79e4b6341 

"Atomic Blonde"

AcçãoMistérioThriller - (2017)

Realizador: David Leitch

Elenco: Charlize Theron, James McAvoy, Sofia Boutella

 

Sinopse: O comunismo está em colapso e em breve o Muro de Berlim irá abaixo com ele. Duas semanas antes, um oficial MI6 disfarçado, foi morto em Berlim e estava carregado de informações de uma fonte no Oriente, uma lista que supostamente contém o nome de cada agente de espionagem que trabalha em Berlim. Agora uma espia experiente sem vínculos pré-existentes em Berlim, foi enviada para este barril de pólvora de agitação social, contra-espionagem, deserções e assassinatos secretos.

 

Critica: Este é daquele tipo de filme que tem tudo para ser muito bom mas que peca por faz da sua essência a violência, violência esta que em muitas cenas é levada ao extremo. Em certos momentos chega mesmo a roçar o ridículo. David Leitch tentou seguir o estilo do “The Departed” de Martin Scorsese, mas este falha redondamente nesta sua intenção. É uma pena pois este “Atomic Blonde - Agente Especial” tem tudo para ser um filme bastante agradável de se ver.

 

Dizer-se que este filme tem um argumento é uma pura anedota. Este tem um bom pano de fundo e um enredo fantástico, mas argumento é coisa que não tem de certeza. Só assim se percebe que Charlize Theron passe 95% do filme a levar ou á pancadaria com alguém. Em certos momentos isto até que aborrece. É isto e a tresloucada quantidade de tabaco que as personagens fumam como se nos anos 80 fosse tudo louco por nicotina.

 

No elenco o meu destaque vai inteirinho para o trabalho fantástico de James McAvoy. O actor faz algo de extraordinário neste filme que é colocar o espectador contra a sua personagem. E o objectivo até que é este. Já Charlize Theron mostrou ter um jeitinho bestial para andar à porrada. Isto se tiver sido Charlize Theron a protagonizar todas as cenas do “Atomic Blonde - Agente Especial”. Sofia Boutella até que se safou bem se bem que quase não apareceu a não ser em determinadas “cenas”.

 

Os cenários não estão grande coisa. Bem sei que a ideia é a de mostrar a Berlim do leste dos anos 80 completamente em ruínas, mas existem certos limites para o exagero. Nem tudo era a selva urbana que o filme nos quer fazer crer que era. Para além de que David Leitch poderia – e deveria – ter variado um pouco mais os cenários dado que a determinada altura ficamos com a sensação de que tudo se passa no mesmo local.

 

A única coisa que se pode apelidar de muito razoável é mesmo a Banda Sonora. E mesmo assim é preciso um certo esforço para darmos por ela.

 

Concluindo; “Atomic Blonde - Agente Especial” é um filme que tem potencial mas que está arruinado pelo excesso de violência. Contudo recomendo a que o vejam e façam o vosso próprio juízo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55


X-Men: Apocalypse

por Pedro Silva, em 22.09.16

X-Men_-_Apocalypse.jpg 

AventuraAcçãoFantasia - (2016) "X-Men: Apocalypse"

Realizador: Bryan Singer

Elenco: Jennifer Lawrence, James McAvoy, Michael Fassbender

 

Sinopse: Desde o início da civilização, ele era adorado como um deus. Apocalipse, o primeiro e mais poderoso mutante do universo X-Men da Marvel, acumulou os poderes de muitos outros mutantes, tornando-se imortal e invencível. Ao acordar depois de milhares de anos, fica desiludido com o mundo em que se encontra e recruta um grupo de mutantes poderosos, incluindo um Magneto desanimado, para purificar a humanidade e criar uma nova ordem mundial, sobre a qual ele reinará.

 

Critica: Interessante mas longe (muito longe mesmo) de ser sublime. O filme em si até que está “bonzinho”, mas não se livrou de me provocar uma série de bocejos. De todos os filmes da saga X-Men este é o mais “fraquinho” de todos não obstante Bryan Singer ter explorado – com alguma mestria - uma parte da história dos mutantes que ainda ninguém tinha explorado a nível cinematográfico.

 

Repetindo o que já disse anteriormente, de todos os filmes da saga X-Men este é o mais “fraquinho” de todos. E porquê? Porque o seu argumento embora original, bem pensado e (muito importante) dentro do normal para os X-Men acaba por ser algo chato. Monótono. A história anda quase sempre em torno do mesmo e não traz nada que o cinéfilo já não saiba. Presumo que este X-Men: Apocalypse seja um filme feito para os fãs da saga. Já para quem gosta da dita mas não a adora (como eu) acaba por ser algo aborrecido.

 

O elenco “não aquece, nem arrefece”. Ao contrário da imprensa “Jet7” que está sempre mais preocupada com o que veste o actor A e qual o tamanho do decote da actriz B, eu sou da opinião que os actores e actrizes deste X-Men: Apocalypse não fizeram nada mais senão o seu mais do que o seu razoável papel. Um pouco o filme. Nada de especial no que ao elenco diz respeito não obstante Jennifer Lawrence ser, hoje em dia, um dos “pesos pesados” do cinema de Hollywood.

 

Relativamente aos efeitos especiais e banda sonora, não destoam mas também não encantam. Estão ao nível do filme. Os filmes dos X-Men costumam exigir bastante da equipa de produção no que a estes dois aspectos diz respeito, e este X-Men: Apocalypse corresponde ao exigido sem no entanto ser brilhante (longe disto).

 

Em suma; recomendo o filme mas acredito que satisfaça muito mais o gosto de quem for fã da saga.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:11


X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido

por Pedro Silva, em 02.11.14

Póster_promocional_para_X-Men_Days_of_Future_Past 

Acção, Aventura (2014) - X-Men: Days of Future Past

Realizador: Bryan Singer 

Elenco: Hugh Jackman, James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence

 

Sinopse: O último grupo dos X-Men vai entrar numa guerra pela sobrevivência das espécies em dois períodos de tempo distintos, em “X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido”. As tão amadas personagens da trilogia original do filme "X-Men" vão unir forças e enviar Wolverine ao passado para alterar um acontecimento histórico, que poderá ter um importante impacto em humanos e mutantes. A maior produção de sempre de X-Men, realizada por Bryan Singer, com um elenco incomparável.

 

Critica: Sendo sucinto e directo; este filme deveria ser um guia de como fazer uma produção cinematográfica decente com os Super Heróis da Marvel. Guia que deveria ser de leitura obrigatória para o Realizador que criou os novos Homem Aranha e para aquele que está a realizar o Batman/Super Homem e restante malta.

 

Este filme foi genialmente produzido. Cativante, emocionante e com um argumento de excelência. Se lhe juntarmos um elenco que sabe o que tem de fazer e como fazer, como sucede nesta produção de Bryan Singer, então temos aqui algo que vale mesmo a pena ver, rever, guardar e voltar a ver mais tarde.

 

É muito complicado apontar defeitos a este X-Men: Days of Future Past. Assim vale a pena ver filmes onde os Super Heróis da Comics passam para o grande ecrã. Aconselho a que vejam, revejam e amem este filme!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:51


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D