Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Momento Mafalda (147)

por Pedro Silva, em 11.07.17

147.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:40


Se era para fazer o frete

por Pedro Silva, em 21.05.17

imgS620I196655T20170521200728.jpg 

imagem retirada de zerozero

 

Não me vou alongar muito na análise ao Moreirense FC 3 x FC Porto 1. Isto porque o título deste texto é elucidativo sobre o que aconteceu em campo. Uma defesa como a do Futebol Clube do Porto não pode – nem deve – sofrer golos daqueles. Será que os atletas do FC Porto nunca ouviram falar nas “compensações”? Se um companheiro da defesa vai marcar um outro atleta da equipa adversária, cabe a um jogador do FC Porto ocupar o espaço deixado vazio pelo defesa para se evitar sofrer um golo como o terceiro do Moreirense FC. É assim tão complicado?

 

Pois para os jogadores do actual plantel do Futebol Clube do Porto tudo parece ser complicado. Tal ficou bem patente nos três golos da equipa minhota… Três disparates defensivos que redundaram em três golos inadmissíveis. Se isto continuar assim bem que se pode ir buscar o José Mourinho que isto nunca mais lá vai. E mais, se era para se fazer o frete, mais valia ter-se entrado em campo com os jogadores da equipa B. Se calhar até que teriam deito melhor figura.

 

Quanto a Nuno Espírito Santo (NES), este percebeu tarde demais que nunca deveria ter dado ouvidos à “sapiência” futebolística dos adeptos que o criticam por tudo e por nada. Eu sempre disse que o melhor sistema táctico para o actual FC Porto é o 4x4x2. E a prova está neste jogo de Moreira de Cônegos onde os azuis e brancos só começaram “a jogar à bola” quando NES retirou do campo Otávio e Herrera para fazer entrar André Silva e Corona. Dito de outra forma; a equipa portista joga muito melhor num 4x4x2 do que num 4x3x3 onde praticamente só se vê Brahimi a brincar com a bola e a correr para cima dos adversários para perder a posse do esférico o mais rapidamente possível. O que não, percebi foi a razão da entrada de Rui Pedro em campo por troca com Tiquinho Soares… Gestão de esforço nesta altura do campeonato NES?

 

Depois do que vi hoje em Moreira de Cônegos espero bem que Pinto da Costa e restante Direcção do FC Porto já tenham definido a próxima época. Se ainda não o fizeram o mais provável é na próxima época ficarmos – mais uma vez - em branco

 

MVP (Most Valuable Player): Alex Telles. De todos os que estiveram em campo, Alex foi aquele que mais procurou dar a volta ao rumo dos acontecimentos antes de ter sido “levado na onda”. Bem a atacar e exímio a defender, Alex foi um “oásis” num tremendo “deserto de ideias” que hoje se apelidou de Futebol Clube do Porto.

 

Chave do Jogo: Apareceu no minuto 83', altura em que o Moreirense marcou o seu terceiro golo e colocou um ponto final no jogo. Até esta altura a partida estava longe de estar decidida muito por força da reacção dos portistas que fora entretanto promovida pelas “mexidas” tardias do seu treinador.

 

Arbitragem: Não terá sido por causa de Fábio Veríssimo e dos seus assistentes que o Futebol Clube do Porto perdeu o jogo de hoje. Contudo os Dragões terão algumas razões de queixa porque terá ficado por marcar uma grande penalidade contra o Moreirense por falta de Caué sobre Otávio ainda na primeira parte e quando os azuis e brancos pressionavam a equipa cónega foram vários os momentos em que Fábio Veríssimo pactuou com as famosas “demoras de tempo” que cortam o ritmo do jogo a quem ataca.

 

Positivo: As alterações de NES ao intervalo. A mudança de um confuso 4x3x3 para um eficiente 4x4x2 foram o único factor positivo a apontar à equipa portista em todo o jogo.

 

Negativo: “Fazer o frete”. Os jogadores do Futebol Clube do Porto são profissionais bem renumerados. Independentemente de o jogo de hoje não contar para nada, a sua obrigação era a de ter feito algo mais pelo Clube.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:51


É a nossa Sina

por Pedro Silva, em 07.09.14

Após esta derrota histórica da nossa Selecção confesso que não vou aqui dar uma de Treinador de Bancada. É muito fácil mandar bitaites depois da asneira feita. O que interessa neste momento é olhar para dentro e tentar perceber o que se deve fazer para se evitar que o próximo jogo acabe da mesma maneira que terminou este ante a Albânia.

 

O que eu acho que é importante fazer, com carácter de urgência, é levar-se a cabo uma importante mudança de mentalidades. É preciso acabar com a velha mania muito Lusitana de que somos os Maiores do Mundo quando ganhamos e que somos os Piores do Mundo quando perdemos. É importante que percebamos de uma vez por todas que o tempo das goleadas de 6 ou 7 golos a Selecções como Albânia, por exemplo, são boas memórias que ficaram guardadas nos já distantes anos 90.

 

Enquanto cá por Portugal não se meter na cabeça que hoje em dia não existem equipas simpáticas, fracas, acessíveis e tudo o que possa dar uma falsa e muito errada ideia de que o jogo que a nossa equipa vai ter pela frente é fácil de se derrotar não vamos a lado algum. Todos os jogos são complicados e exigem da parte de TODOS (Adeptos/Imprensa/Treinadores/Jogadores/Direcções) um grande empenho e seriedade. Enquanto isso não for assimilado de uma vez por todas vamos andar sempre com a nossa Sina da Calculadora na mão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:17


Serrões

por Pedro Silva, em 28.04.14

Ao contrário do habitual não fiz a análise da última partida do Futebol Clube do Porto. Não o fiz por desânimo e muito menos por mau perder, mas sim porque não vale a pena estar aqui a repetir sempre a mesma coisa todas as semanas. A época ficou irremediavelmente perdida quando a Direcção Azul e Branca cedeu á pressão dos adeptos e despediu Paulo Fonseca. O resto é tudo letra e fantasia dos Grandes Pensadores da Bola que tudo dizem saber.

 

Agora uma coisa é certa, posso não gostar de perder para o eterno rival da Luz, assim como posso não ver com agrado os adeptos do SL Benfica a festejar um mais que merecido Título de Campeão, mas nunca terei um tipo de comportamento à Manuel Serrão. Daí que quando viste o facebook de uma página que se diz Portista me sinta deveras incomodado com este tipo de palavreado:

 

os lampiões ganharam...deixem-nos festejar à vontade. Mas lá no cantinho deles. Agora levarem-nos para o nosso meio? Permitir que tirem selfies e drownies e o que quer que seja no nosso templo...no meio de nós??? Foi ridículo ver "portistas" a permitir os festejos efusivos e insultuosos de alguns lampiões nas bancadas centrais. Como se estivessem em casa. Mais ridículo foi ver um "portista" todo contente a tirar fotos a uns benfiquistas com o nosso estádio como fundo...na bancada central!!! 

 

Orgulhosos dos verdadeiros e 
"enojados" dos que pisam a nossa mística nas bancadas!

E mais uma vez...estamos a falar exclusivamente do FCP das bancadas...

 

HONRA E GLÓRIA AOS VERDADEIROS! 

 

Nota: daqui a 2 semanas...que nem pensem em fazer outra vez piquenique no Dragão. A paciência esgotou-se! A partir de agora...RED ALERT!

 

Pensava eu que depois de tantas vitórias, tantos Campeonatos, tantas Taças Nacionais e Internacionais, tantos festejos no Estádio da Luz e tantas Finais ganhas pelo Dragão que o raio do complexo de inferioridade já tinha passado e que os que se dizem “Verdadeiros” se preocupavam somente com o Futebol Clube do Porto, mas não.

 

Pelos vistos o Clube Azul e Branco tem de ganhar sempre e pode festejar onde lhe apetecer, já os outros não podem fazer nada porque é o "RED ALERT!"

 

No fundo e no cabo a época que está a terminar foi ditada quase que exclusivamente pelos “Verdadeiros” que até fizeram esperas á porta do Dragão e agora os "Verdadeiros" queixam-se...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31


Assim não vale a pena

por Pedro Silva, em 02.03.14

Efectivamente com a defesa do Futebol Clube do Porto a jogar desta forma é impossível alimentar qualquer esperança de ver o Dragão jogar um jogo como deve ser.

 

Tanta asneira junta preocupa qualquer um e não precisamos de ser um especialista em futebol para percebermos que o treinador tem a sua quota-parte de culpa neste cartório. Cartório esse que já dura há tempo a mais porque se tais asneiras na pré temporada ainda se perdoam, já quase no final da época são imperdoáveis.

 

Mas atenção, colocar o Fonseca na rua neste momento não resolve nada. Espero é que a Direcção do Futebol Clube do Porto olhe bem para dentro e veja o que vale a força da comissão em detrimento de se contratar um Treinador e criar um Plantel equilibrado.

 

E mais não quero dizer porque não vale a pena.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:28


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D