Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os Sete Magníficos

por Pedro Silva, em 22.01.17

MV5BMTUzNTc0NTAyM15BMl5BanBnXkFtZTgwMTk1ODA5OTE@._ 

AcçãoAventuraWestern - (2016) "The Magnificent Seven"

Realizador: Antoine Fuqua

Elenco: Denzel Washington, Chris Pratt, Ethan Hawke, Vincent D'Onofrio

 

Sinopse:  Refilmagem do clássico faroeste Sete Homens e um Destino (1960), que por sua vez é um remake de Os Sete Samurais, de Akira Kurosawa. Os habitantes de um pequeno vilarejo sofrem com os constantes ataques de um bando de pistoleiros. Revoltada com os saques, Emma Cullen (Haley Bennett) deseja justiça e pede auxílio ao pistoleiro Sam Chisolm (Denzel Washington), que reúne um grupo de especialistas para contra-atacar os bandidos.

 

Critica: Ora aqui está um Western à moda antiga. Um bom filme sem no entanto deslumbrar. Claro que os Westerns de Tarantino metem esta produção de Antoine Fuqua “ao bolso” mas mesmo assim há que dizer que há muito que não via um filme deste género tão bem produzido.

 

Antoine Fuqua tentou ser algo arrojado no que ao argumento diz respeito e creio que em parte até que foi bem-sucedido. Conseguiu trazer alguma piada a um filme cuja maior parte do tempo é passada aos tiros, mas ao mesmo tempo não me pareceu que tal “manobra” tenha sido bem conseguida porque a maior parte do filme é dedicada a tiroteios sem fim. Para mais a história que nos vai sendo contada é algo para o “repetitiva”. No aspecto do argumento “Os Sete Magníficos” não está mal, mas bem que poderia estar melhor.

 

Ao entramos no elenco verifico que a “fasquia morna” deste filme se mantêm. Não que os actores e actriz não tenham feito o seu papel. Fizeram e em muitos momentos até o fizeram muito bem. Mas não se destacam. Não encantam. Não criam empatia não obstante a quantidade quase interminável de cenas onde tal é tentado (sem sucesso). Todo o elenco se resume a um mero satisfaz no desempenho dos seus papéis. A culpa de tal está – creio eu – no argumento deste filme que (repito) está mais virado para a troca de balas do que em contar a sua história.

 

Já os cenários e a banda sonora são dois dos aspectos onde a equipa do Realizador Antoine Fuqua se esmerou. A Banda Sonora é das melhores que já vi em cinema até à data e os cenários estão muito bem estudados, trabalhados e enquadrados. É notória a elevada aposta do Realizador nestes dois aspectos e foi muito por causa disto que este conseguiu captar a minha atenção e interesse na sua obra do princípio ao fim.

 

Em suma, Os Sete Magníficos de Antoine Fuqua tem a minha recomendação não obstante este ter alguns “furos” que lhe retiram algum interesse.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:12


Mundo Jurássico

por Pedro Silva, em 18.09.15

mundo_jurassico2_f2.jpg 

Ficção CientíficaAcçãoAventura (2015) - “Jurassic World”

Realizador: Colin Trevorrow

Elenco:  Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Ty Simpkins

 

Sinopse: 22 anos após os acontecimentos em «Parque Jurássico», Isla Nublar tranformou-se num parque temático do mundo jurássico, tal como fora imaginado por John Hammond. Mas depois de 10 anos de actividade, o parque entrou em declínio e carece de visitantes. Para superar o difícil momento que ameaça a continuidade do projecto, é inventada uma nova atração que vai criar novas dificuldades de grande dimensão…

 

Critica: Há uns bons anos saiu para a Playstation um jogo chamado Dino Crisis. O dito jogo foi um sucesso de vendas e teve direito a duas sequelas (salvo erro). A piada de jogar o Dino Crisis residia no facto de este ser muito parecido com o Resident Evil só que no lugar de zombies tínhamos dinossauros que ficaram fora do controlo. Achei o primeiro jogo engraçado, o segundo mais ou menos e o terceiro foleiro q.b.

 

E porque razão trouxe até aqui o Dino Crisis quando estou a fazer uma crítica a um filme? Porque este Mundo Jurássico de Colin Trevorrow é uma fotocópia mal tirada do dito jogo. Até a personagem principal feminina é muito parecida com a do já referido jogo. Por isto desenganem-se aqueles que pensam que este filme é uma espécie de “sequela” do Parque Jurássico de Steven Spielberg…. È que nem lhes chega aos calcanhares apesar de serem feitas algumas referências ao dito Parque!

 

Não gostei mesmo nada do Mundo Jurássico. Como nota atribuo-lhe nota negativa. Muito negativa.

 

Demasiado infantil, previsível e muito, mas mesmo muito mal trabalhado em ternos de argumento. Se a ideia era fazer algo de parecido como Dino Crisis mais valia terem feito algo igual em vez de andarem a inventar coisas que mais parecem ter sido pensadas para crianças de dois anos de idade. Basicamente trata-se de um filme de tarde de Domingo da TVI.

 

Quanto ao elenco, se o argumento é um desastre não se pode pedir aos actores e actrizes que contracenam que façam milagres. Fazem o que podem é um facto mas acabam por contribuir, em larga escala, para a infantilização de um filme que poderia, e devia, ter sido mais bem explorado.

 

Por últimos os cenários são a pedra de toque deste Mundo Jurássico. Bem pensados e com efeitos especiais rigorosos e bem aplicados. São, na minha opinião, das poucas, raríssimas, coisas que se aproveitam deste trabalho de Colin Trevorrow e restante equipa.

 

Em conclusão; não recomendo o filme mas quem o quiser ver que esteja à vontade até porque gostos não se discutem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:21


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D