Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O herói de Hacksaw Ridge

por Pedro Silva, em 14.02.17

Hacksaw_Ridge_poster.png

DramaHistóriaGuerra - (2016) "Hacksaw Ridge"

Realizador: Mel Gibson

Elenco: Andrew Garfield, Richard Pyros, Jacob Warner, Milo Gibson

 

Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, o médico do exército Desmond T. Doss recusa-se a pegar numa arma e matar pessoas, porém, durante a Batalha de Okinawa ele trabalha na ala médica e salva mais de 75 homens, sendo condecorado. O que faz de Doss o primeiro Opositor Consciente da história norte-americana a receber a Medalha de Honra do Congresso.

 

Critica: Como fazer um filme de excelência que homenageie um herói Norte-americano? Eis a questão que Clint Eastwood deve fazer a si próprio vezes sem conta até encontrar a resposta numa produção de Mel Gibson intitulada Hacksaw Ridge. Por acaso (só por mero acaso) Hacksaw Ridge está normado para os Óscares, mas é certo e sabido que não vai ganhar absolutamente nada porque a Academia gosta muito mais de premiar o Marketing do que algo que se pode – e deve – intitular de filme de qualidade.

 

Hacksaw Ridge de Mel Gibson arrasa por completo no argumento. O filme é a história real de um herói de guerra Norte-americano. Podemos dizer que aqui e acolá existirá alguma ficção (o normal), mas 99.9999999% do argumento desta fabulosa obra cinematográfica é o relato fiel de Desmond T. Doss e da sua luta contra os preconceitos que existiam (e ainda existem) nas forças armadas. Dizer que este é argumento de um filme de Guerra é reduzir ao mínimo o seu fabuloso conteúdo. Hacksaw Ridge é muito mais do que um simples filme de Guerra. É uma homenagem perfeita e respeitosa a um herói de carne e osso dos Estados Unidos da América.

 

Quanto ao elenco, tiro novamente o meu chapéu a Andrew Garfield por ter levado a cabo mais uma interpretação fantástica. Bem sei que o actor não vai ser premiado pela Academia porque esta acha que actor no verdadeiro sentido do termo é aquele que anda aos pulinhos a cantar e a tocar piano, mas que se lixe a Academia pois o trabalho de Garfield nesta fabulosa obra-prima de Mel Gibson é divinal e ficará gravada na História do cinema. Já os restantes actores não encantaram mas também não desencantaram… Fazem o seu papel tal como a Lua faz o sue em trono da Terra.

 

Os cenários são o ponto mais fraco deste Hacksaw Ridg. Pouco diversificados e com uma tremenda carga de cliché. A única execpção são os cenários dos combates que estão muito bem filmados e trabalhados em termos de efeitos especiais, se bem que já tenha visto melhores. A excelente Banda Sonora é que “disfarça” um pouco a coisa.

 

Em suma; Hacksaw Ridge de Mel Gibson – para além de ser uma tremenda bofetada na cara de Clint Eastwood e de vir a ser ignorado por Hollywood – é um filme de excelência que tem a minha alta recomendação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:54


Silêncio

por Pedro Silva, em 07.02.17

103918.jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxx.jpg

DramaHistória - (2016) "Silence"

Realizador: Martin Scorsese

Elenco: Liam Neeson, Andrew Garfield, Adam Driver, Tadanobu Asano

 

Sinopse: Ambientada no Japão no século XVI, a história trata de missionários portugueses que viajam ao país oriental para confortar convertidos locais e impedir que senhores feudais torturem padres cristãos - maneira local encontrada para tentar expulsar do Japão os catequistas europeus.

 

Critica: Se dúvidas haviam de que Martin Scorsese é um fantástico contador de histórias este seu “Silêncio” dissipou-as todas. Estamos perante uma produção fantástica! Uma obra-prima (mais uma) de um Realizador do qual sou cada vez mais um fervoroso adepto. Este é um dos melhores filmes que vi da autoria de Martin Scorsese. “Silêncio” tem tudo aquilo que um apreciador de cinema exige.

 

O argumento deste filme é simplesmente divinal. Estudado ao pormenor e muito atento ao pormenor, o argumento desta fantástica obra cinematográfica é capaz de “prender” a atenção de qualquer um desde o seu primeiro instante ao último. Uma coisa que apreciei bastante foi a rigidez histórica, rigidez que obrigou Scorsese a ter de estudar a fundo a época cuja história nos pretende contar e a verdade seja dita que o realizador se esmerou neste ponto. Nada - mesmo nada – é deixado ao acaso e o resultado é um argumento fantástico que tem de tudo. Uma lição para a Academia de Hollywood que anda agora a promover tretas sem gosto nem sal mas com muita música.

 

Ao passarmos para o elenco não fiquemos com a ideia de que o filme perde qualidade. Muito pelo contrário! Pode não ser um elenco carregado de nomes sonantes e de caras bonitas (isto é para o bailarico de que Hollywood adora), mas o elenco deste “Silêncio” está simplesmente divinal (tal como os eu argumento). Liam Neeson e Adam Driver interpretam as suas personagens de uma forma fantástica, mas a grande vedeta é mesmo Andrew Garfield que “arrasa por completo a concorrência”. “Papelaço”! É isto que Andrew Garfield faz em “Silêncio”. Uma palavra de apreço também para Tadanobu Asano que esteve ao nível fantástico de Andrew Garfield sem no entanto ter sido brilhante ficando por um muito – muito – bom.

 

Os cenários e banda sonora estão ao nível do filme em causa. Ou seja; estão excelentes. Já aqui o disse e repito, Martin Scorsese é um fantástico contador de histórias e para o ser está sempre muito atento aos pormenores, pormenores que fazem a diferença pela positiva neste seu “Silêncio”. Os cenários estão espectaculamente bem filmados e a banda sonora está ao nível dos melhores filmes de sempre do mundo do cinema.

 

Em suma, Silêncio de Martin Scorsese tem a minha elevadíssima recomendação. Numa altura em que se anda a perder tempo com musicais, este “Silêncio” é uma tremenda pedrada no charco do marasmo em que estão envolvidos os próximos prémios da Academia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:15

Fantasia, Aventura (2014) - The Amazing Spider-Man 2

Realizador: Marc Webb 

Elenco: Andrew Garfield, Emma Stone, Jamie Foxx, Dane DeHaan

 

Sinopse: É excelente ser o Homem-Aranha. Para Peter Parker não há nada como saltar entre arranha-céus, assumir-se como herói e estar junto de Gwen. Mas ser o Homem-Aranha tem o seu preço: apenas ele pode proteger os nova-iorquinos dos poderosos vilões que ameaçam a cidade. Com o aparecimento de Electro, Peter irá confrontar um inimigo bem mais poderoso do que ele. E, com o regresso do seu antigo amigo, Harry Osborn, Peter apercebe-se que todos os seus inimigos têm algo em comum: A "OsCorp".

 

Critica. Desastre. È assim que olho para este filme. Um desastre total e uma enorme falta de respeito para com um dos heróis mais conhecidos do Mundo da Comics.

 

Personagens trocadas, história completamente adulterada, personalidade do Homem Aranha como nunca se viu sendo que agora temos um Super Herói arrogante ao contrário daquilo que o tornava especial e muito próximo do Ser Humano.

 

Depois temos a enorme infantilidade do dito filme. Os maus muito maus e a fazerem tudo por isto à boa maneira de uma série infantil. Um absurdo que destrói por completo uma sequela de filmes que não sendo excelentes respeitavam o Homem Aranha e os seus fãs.

 

Para mais os Filmes do Homem Aranha não são assim tão antigos para que se faça já um remake. E logo um remake do pior que vi até à data.

 

Lamentavelmente mais uma produção que foi muito badalada e comercializada para depois dar no “barraco” que deu. Espero que não haja uma sequela apesar de o final do dito filme prometer tamanho horror.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:16


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D