Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



34c966e422ec986b2d02bd1d5e1df048.jpg 

Segundo noticiou a RTP no seu Telejornal das 13H, o fisco penhorou bens alimentares doados a uma associação que dá apoio aos sem-abrigo na cidade do Porto. O "Coração da Cidade" tem dívidas em atraso relacionadas com o pagamento de portagens em antigas SCUT.

 

Sobre este assunto há que ter cabeça fria em vez de alimentar a “escandaleira” que a equipa de reportagem da RTP criou nesta reportagem.

 

Isto porque em momento algum vemos os Dirigentes da Associação "Coração da Cidade" afirmar, com plena certeza e confiança, que não devem dinheiro algum ao Fisco. Seja ele a título de Portagens ou outra coisa qualquer.

 

Para mais fica por perceber se a tal Associação foi devidamente notificada de que contra ela decorria, e decorre, um Processo de Penhora de Bens alimentares ou se a Penhora já terá sido efectuada.

 

É que se a Penhora já tiver sido efectuada então é porque das três, uma:

 

- A Associação não se opôs à Penhora dentro dos prazos legalmente estabelecidos e no local devido (e aqui não me venham com a música de que a Associação não tinha dinheiro para o fazer porque o Apoio Judiciário também assiste ás Pessoas Coletivas quando devidamente requerido por estas);

 

- A Associação andou no “jogo do empurra” nas suas responsabilidades e nada fez dentro do prazo legal porque, segundo a peça jornalística, a dívida terá surgido por culpa do Contabilista (Técnico Oficial de Constas);

 

- A Associação não quis saber do Processo porque como é uma Associação de caridade acha que não tem de cumprir com os seus deveres fiscais.

 

É por isto que, ao contrário de muito boa gente que reage a quente em vez de parar para pensar um pouco, eu não posso dar razão alguma à "Coração da Cidade" neste processo.

 

Para mais alguns dos Associados dizem estar revoltados porque o Fisco se lembrou de penhorar uma Associação que ajuda os sem-abrigo da Invicta… Como se isto de ser uma Associação deste tipo a faça ter uma certa impunidade no que às suas obrigações diz respeito.

 

Já se me disserem que não faz sentido algum uma Associação ser penhorada pelo Fisco e o Sr. Pedro Passos Coelho, actual Primeiro-ministro de Portugal, não ser alvo de contra ordenação/penhora alguma mesmo tendo estado ANOS sem cumprir com as suas obrigações fiscais, e que não é justo a Galp, e outras Empresas do ramo, não pagarem o que devem às Finanças mesmo tendo sido notificadas para tal e nada lhes ser feito, eu sou como o outro e alinho na indignação da "Coração da Cidade".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:43


3 comentários

Imagem de perfil

De golimix a 04.03.2015 às 20:01

Bem. Também falei desse assunto embora me cingisse a outra preocupação. E sou sincera,  não parei para pensar no que , tão bem, referes. Mas desses meandros estás mais bem informado que a maioria. 
Imagem de perfil

De Pedro Silva a 04.03.2015 às 21:44

E fizeste bem em opinar sobre o dito tema.

O problema aqui é que quem que criou a peça jornalistica não teve a mais pequena preocupação em explicar aos Telespectadores que a moeda tem sempre dois lados.


É um facto que as Finanças abusam e muito do seu Poder, mas neste caso da Associação parece-me que há aí alguma "chico espertice" da parte da dita.
Imagem de perfil

De Pedro Silva a 04.03.2015 às 21:53

E quando eu digo que há aí alguma "chico espertice" da parte da dita refiro-me à Associação claro!

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


gatices


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Publicidade


Futebol Clube do Porto

<<

Dios falleció (RIP 25/11/2020)

<<


No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

subscrever feeds