Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os extremos que dão pelo nome de Brasil

por Pedro Silva, em 02.10.18

imagem crónica RS.jpg 

Há quem defenda a ideia de que a história não se repete. Tal teoria está muito em uso entre os historiadores. E, efectivamente, a história não se repete mas o Ser Humano comete erros (alguns por vontade própria outros por manifesta falta de tacto), daí que a meu ver se possa dizer que a História não se repete mas que faz cópias de má qualidade de si mesma. O que se está a passar actualmente no Brasil é um bom exemplo de tal.

 

O Brasil é actualmente um país cuja capacidade de produção de recursos próprios é extraordinariamente elevada. Tal é um facto que o maior país da América Latina não soube, nunca, aproveitar desde que se libertou das amarras da colonização portuguesa (e não só), contudo o Brasil, talvez por ser um país que tem ainda muitas cicatrizes e feridas bem abertas pelo processo de escravização que os portugueses (e não só) levaram a cabo durante décadas nas Terras de Vera Cruz a desigualdade em função do tom da cor da pele é ainda uma triste e enfadonha realidade…

 

Daí que se perceba muito daquilo que é hoje em dia o Brasil. Um país de extremos que tem de tudo para ser uma das maiores potências económicas mundiais. E está bem patente nas próximas eleições presidenciais cuja campanha eleitoral tem sido marcada pelo crasso extremismo entre as várias facções políticas. Aliás, bem vistas as coisas, hoje no Brasil desenrola-se uma luta titânica entre negros e brancos pela conquista do Poder. Já a histórica corrupção que é promovida tanto por negros como por brancos – e que impede este mesmo Brasil de seguir em frente e de se desenvolver - vai manter-se firme e será, sem sombra de dúvida, a grande vitoriosa desta luta dos extremos que dão pelo nome de Brasil.

 

Foi há um ano….

 

O tempo passa depressa. Depressa demais. Especialmente para quem ainda tinha a vã esperança de que Espanha se comportasse como o Estado democrático que diz ser.

 

Foi há um ano que a polícia espanhola, por ordens do entretanto demitido Governo de Mariano Rajoy, carregou violentamente sobre a população catalã que pacificamente procurou participar num referendo unilateral que determinaria uma simbólica separação da manta de retalhos que dá pelo nome de Espanha.

 

Foi há um ano que por Portugal e restante União Europeia se procurou passar a ideia de que os catalães são, na sua crassa maioria, um conjunto de terroristas que devem ser tratados da forma violenta e discriminatória como são tratados os políticos catalães presos e exilados no estrangeiro.

 

Foi há um ano que muitos políticos catalães, outrora membros da «Generalitat» que foram forçados a fazer o papel de Copérnico sob a ameaça da tirania da monarquia espanhola que patrocinou e apoiou a violência policial a que já aqui fiz referência.

 

Efectivamente o tempo passa depressa. Depressa demais. Especialmente para quem ainda tinha a vã esperança de que Espanha se comportasse como o Estado democrático que diz ser.

 

Artigo publicado no site Repórter Sombra (02/10/2018)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30


19 comentários

Perfil Facebook

De Tuga Oak a 03.10.2018 às 11:00

Que artigo mal escrito sobre o Brasil, não há nenhuma luta entre brancos e negros, até porque não há nenhum candidato à Presidência que seja negro; o mais próximo de negro é o vice de Bolsonaro, o General Mourão, que é um caboclo cuja mãe é de origem indígena do amazonas e poderia passar facilmente como de origem negra também. O que existe é uma luta contra um corrupto que com seu partido e seus aliados roubaram os cofres do Brasil, da Petrobras, do BNDES, roubaram a esperança do povo após mais de 13 anos no poder, cujo único objetivo era iludir para roubar e esse grupo é representado pelos candidatos que fazem oposição a Bolsonaro e é por isso que ele vai ganhar, provavelmente no primeiro turno, como agora já começa a admitir a imprensa de esquerda representada pelo UOL, Folha de São Paulo e outros que tentaram de tudo para destruir o Bolsonaro, mas a realidade é que o povo, que não é comprometido pela ideologia de esquerda, quer Bolsonaro, cansou do mimimi de certas "agendas"e da roubalheira e falsidade representada pelos outros candidatos.
Perfil Facebook

De Lusch Lusch a 03.10.2018 às 12:33

reportagem típica de alguém que não vive no Brasil, que não entende quão escrachada foi a roubalheira do ex-presidente Lula e de sua quadrilha. O que o povo quer é mudança e uma maior luta contra a corrupção, e o Bolsonaro se apresenta como a melhor opção neste caso, o que faz com que a esquerda crie boatos absurdos e infundados para tentar minar a popularidade dele
Perfil Facebook

De John Raceline First a 03.10.2018 às 17:34

Bolsonaro até pode ser melhor pro país no momento.Mas oque fez até agr, foi deputado desde 1991.Eleitores do mito são na vdd os chamados votos de protesto.Ganhando Bolsonaro ou Haddad, pra mim não faz diferencia nenhuma.O brasil vai continuar com os seus problemas.No fim é td politicagem.
Perfil Facebook

De José Carioquinha a 03.10.2018 às 15:04

é lamentável ler diariamente ,na imprensa portuguesa (um autentico bombardeio) artigos tão POBRES sobre a realidade brasileira...nota-se perfeitamente que são trabalhos encomendados (e pagos pelo patrão habitual),felizmente denoto que há MUITOS PORTUGUESES conscientes da realidade vivida (vê-se pelos comentários)...infelizmente e para o nosso mal ,no jornalismo abundam JUMENTOS MACONHEIROS,nada mais...
Imagem de perfil

De Pedro Silva a 03.10.2018 às 18:05

Intervenho somente no sentido de alertar os leitores e leitoras menos atentos(as) de que devem procurar manter a elevação no discurso e que este espaço está longe (muito longe!) de ser apoiante de qualquer um dos candidatos às próximas presidenciais do Brasil. 


E um aparte, spam ou robot, não me venham dizer que não há racismo no Brasil...


E já agora outro aparte, se houver quem não perceba o que foi por mim exposto no artigo, por favor, pergunte ou então intervenha no sentido de melhorar o pensamento de todos nós. Eu agradeço e quem nos lê também o faz com certeza.
Perfil Facebook

De Eduardo Artur Lopes Gonçalves a 03.10.2018 às 19:04

Quer dizer que o "isento" autor deste artigo não está a fazer campanha para qualquer dos candidatos? é sério? Fico imaginando então como seria um texto a favor de algum deles. Esses esquerdopatas acham que ainda são donos da narrativa. Coitados.
Perfil Facebook

De José Silva a 03.10.2018 às 20:50

Descansem que aqui por Portugal também não andamos a dormir. infelizmente também somos mais um país socialista. Roubalheira, amigalhaços, fake news são coisas que não faltam por aqui. Temos um partido que tem a lata de se chamar partido comunista, por amor de Deus!
Imagem de perfil

De ikaros a 04.10.2018 às 06:34

Sempre vivi seguindo a doutrina de "prefiro ser um homem insatisfeito do que um porco satisfeito". Não conheço o Brasil. Nunca lá fui e não tenho lá gente conhecida. Acompanho o que lá se sucede sem grandes compromissos. Deduzo que a corrupção é grande e que os elementos do governo estavam envolvidos em trafulhice. Pois bem, faça-se justiça e não novela.
No entanto, dá-me a sensação que houve, ao longo dos anos 90 até há uns anos, uma melhoria  comparativamente às décadas anteriores, no que se refere ao estado social (qualidade de vida, educação...) Digo eu, não sei. Corrigem-me com dados sobre esta questão.
Por integridade própria, não posso entender que um indivíduo que oraliza discursos racistas, ameaças de esturpo sobre mulheres e promove o estado ditatorial como salvação única, possa ser considerado um candidato democraticamente apto para o cargo de governação máxima.
Há medo. Quem tem medo não pensa, reage.
Uns são presos por corrupção, outros são elevados a heróis por ameaças à liberdade e à integridade física de outros. Se isto não é o medo a falar, não sei o que é.
PS: Não concordo com o cartoon. O lugar dos condenados é na prisão.
Perfil Facebook

De Eduardo Artur Lopes Gonçalves a 04.10.2018 às 09:33

Não é difícil perceber que você está mal informado quando relata que não conhece ninguém do Brasil e nunca esteve lá, mas constrói suas opiniões negativas acerca do comportamento do candidato Jair Bolsonaro (apologia ao estupro, machismo, racismo, viés ditatorial, homofobia, etc.) baseado nas informações dos meios de comunicação que são, na sua quase totalidade, instrumentos de desinformação a serviço da propaganda ideológica de esquerda.
Imagem de perfil

De ikaros a 05.10.2018 às 00:53

Não é difícil perceber que estou mal informado porque eu afirmei que estava mal informado. Não foi dedução sua: foi uma informação veiculada e iniciada por mim.
Quanto às opiniões e aos discursos proferidos pelo indivíduo acima referido, elas estão devidamente documentadas e registadas em vários suportes. Se eu construo uma "opinião negativa" através de alegações que me parecem negativas, então que assim seja.
Acho que o fanatismo lhe está a toldar a razão.
Imagem de perfil

De Sarin a 08.10.2018 às 00:05

A devida vénia a esta resposta!
Imagem de perfil

De Sarin a 08.10.2018 às 00:17

Outra leitura do cartoon:


Depois da destituição de Dilma por suspeitas de corrupção e a nomeação de Temer apesar das suspeitas de corrupção, o ultra-rápido julgamento de Lula lançou muitas dúvidas sobre o processo, se criminal se político. Não apenas pela celeridade, mas pelos meios de prova e pelas declarações políticas de alguns magistrados. Não julgo a Justiça brasileira, mas as dúvidas são muitas, e não seria a primeira vez que depararíamos com a instrumentalização dos tribunais no Brasil. Depois da novela Dilma/Temer, o espectro voltou a pairar.
No cartoon, quem festeja não festeja a Justiça mas o Resultado Político. Quem lamenta, idem.
Perfil Facebook

De Walter H. Gunji a 04.10.2018 às 09:32

 O que mais me salta à vista é que o eleitor brasileiro tornou-se independente da opinião das grandes mídias e de empresas de marketing eleitoral para escolher o seu próprio candidato. Daí percebe-se quão nefasta é a ingerência de "terceiros" na formação da opinião de cada cidadão. Eis porque também é grande a preferência do eleitorado da região sul e sudeste do Brasil pelo candidato Bolsonaro. Por uma simples razão: é a região do Brasil onde o grau de instruídos é maior juntamente com a renda per capita! 
Perfil Facebook

De André Sá Machado a 04.10.2018 às 11:27

Sobre Espanha e a Catalunha só aparecem escritos clichés de quem não vive o dia-a-dia nessa região, onde, por culpa de uma ideia de superioridade (em relação às outras regiões) por parte de uma "elite" de políticos de direita que se teve de juntar com anarquistas de esquerda, se estão a fracturar famílias e amigos, incitando ao ódio entre o próprio povo.
A violência mostrada nas imagens que passaram em Portugal foram amplamente exageradas e generalizadas, típico do jornalismo sensacionalista.
A Catalunha tem um desenvolvimento económico mais elevado porque o estado espanhol apostou mais pela região que por outras, o mesmo que se faz em Portugal ou em qualquer país. Agora de forma egoísta os independentistas buscam "livrar-se" do resto de Espanha para não pagar facturas alheias. Com toda esta história da autoproclamação da independência cai no esquecimento dos catalães que os que pedem a independência são os mesmos que tanto os roubaram ao longo dos últimos 30 anos (família Pujol, Artur Mas, etc).
Imagem de perfil

De Carlos Gaspar a 04.10.2018 às 12:25

Parabéns Pedro pelo excelente texto. Pela maioria dos comentários publicados, ficamos a perceber como o Brasil é um país de igualdades. Se assim não fosse, e a grande maioria dos eleitores brasileiros assim o demonstra, havia pobreza, miséria, analfabetismo e tantas outras coisas péssimas, que o Brasil não tem. "Vão-se catar pá!"
Imagem de perfil

De Pedro Silva a 05.10.2018 às 02:19

Agradeço o seu agradecimento e comentário Carlos (cujo perfil não é de fonte duvidosa).

E aproveito para agradecer também ao ikaros pelas mesmas razões,

Imagem de perfil

De Sarin a 08.10.2018 às 00:04

Bolas, caramba, até que enfim!


Tirando o comentário do Ikarus, realmente quem leia vê  o Brasil do alto do apê de onde os outros comentadores aparentemente o vêem...
Imagem de perfil

De Pedro Silva a 08.10.2018 às 22:35

Sarin não perca tempo nem leve a sério os "comentários" de autores de perfil duvidoso (clique no nome do perfil e vai ver o que acontece). Não é por acaso que não respondi aos "comentários",,,
Imagem de perfil

De Sarin a 08.10.2018 às 23:24

Obrigada pelo aviso...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Outubro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D