Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Renascido

por Pedro Silva, em 31.01.16

281957_pt.jpg 

AventuraDramaThriller - (2016) - "The Revenant"

Realizador: Alejandro González Iñárritu 

Elenco: Tom Hardy, Domhnall Gleeson, Leonardo DiCaprio, Will Poulter

 

Sinopse: Numa expedição pelo desconhecido território americano, o lendário explorador Hugh Glass é brutalmente atacado por um urso e deixado como morto pelos seus companheiros de caça. Na luta pela sobrevivência, Glass resiste a um sofrimento inimaginável, bem como à traição de John Fitzgerald, um dos seus companheiros de expedição. Guiado pela sede de vingança e o amor da sua família, Glass terá de enfrentar um inverno rigoroso numa busca incessante pela sobrevivência e redenção.

 

Critica: Muito bom sem no entanto ter entrado para a minha galeria de excelência. O filme em si é básico, muito básico mesmo, mas está filmado de uma forma ímpar e é muito por este facto que dou um muito bom a esta produção de Alejandro González Iñárritu 

 

O Renascido tem tudo para ser um filme enorme, mas o seu calcanhar de Aquiles está no argumento. O argumento é a “pedra de toque” de qualquer filme e neste não está grande coisa porque é simples, demasiado simples. Chega mesmo a ser vulgar. Basicamente a história é algo que já vimos em muitos filmes do género com menor qualidade. É uma pena que assim seja dado que, repito, este “O Renascido” tem tudo para ser uma produção de excelência.

 

Por seu turno o elenco apresenta-nos um desempenho de excelência com Di Caprio a mostrar todo o seu potencial. Com tão fraco argumento só mesmo o brilho e desempenho dos seus actores poderia elevar a fasquia desta produção de Iñárritu. 

 

Por último temos os cenários que são muito diversificados e excelentemente explorados. Em muitos momentos existe uma simbiose quase que automática entre Di Caprio e o espectacdor. É quase comos e estivéssemos a viver o que a personagem vive e isto é arte. Arte cinematográfica no seu melhor. A juntar a isto temos uma banda sonora envolvente e profunda… Basicamente tudo isto é Alejandro González Iñárritu  no seu melhor.

 

Obviamente que recomendo este filme mas aviso desde já que o mesmo é algo de exigente para com o seu espectador.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:13


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


gatices


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Publicidade


Futebol Clube do Porto

<<

Dios falleció (RIP 25/11/2020)

<<


No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

subscrever feeds