Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Deadpool 2

por Pedro Silva, em 31.08.18

5972c638a57af48052a6b3628f038db0.jpg 

"Deadpool 2"

AcçãoAventuraComédia - (2018)

Realizador: David Leitch

Elenco: Josh Brolin, Ryan Reynolds, Morena Baccarin

 

Sinopse: O mercenário mutante Foul-mouthed Wade Wilson (AKA. Deadpool), reúne uma equipe de colegas mutantes para proteger um menino com habilidades sobrenaturais do cyborg brutal e viajante do tempo, Cable.

 

Critica: Efectivamente há coisas que quando se repetem perdem a piada. Não estou com isto a dizer que este novo Deadpool não tenha o seu quê de engraçado, mas há coisas (tanta coisa!) que perdeu qualidade. Especialmente em certas coisas que deixaram de ser engraçadas para passarem a ser - simplesmente - estúpidas. É uma pena que tal tenha sucedido.

 

Fazer-se uma sequela exige da parte do seu Realizador e equipa muito mais do que um actor com talento natural para desempenhar o papel da sua personagem. Exige um argumento. Mas algo de novo. Algo que traga algum interesse a uma história que já todos conhecemos. Nunca, mas nunca, dá bom resultado ir-se buscar o que se fez anteriormente e acrescentar-lhe uma tremenda dose de estupidez e de idiotice. Para mais, as falas engraçadas (e o tal de humor negro típico das histórias do Deadpool) têm um limite. Tudo o que é demais é erro! A partir de dete4rmjinada altura torna-se impossível seguir-se este “Deadpool 2” sem se lançar para o ar um tremendo bocejo. Bocejo este que as cenas de acção não conseguem fazer desparecer… Exigia-se mais em termos de argumento caro David Leitch.

 

Em termos de elenco, “Deadpool 2” é Ryan Reynolds e mais dez. O moço tem uma espécie de talento natural para interpretar com mestria o papel de Deadpool. E é ele, em exclusivo, a “alma” deste novo Deadpool. O resto é de uma pobreza franciscana tal que nem vos digo, nem vos conto.

 

A Banda Sonora é das coisas que melhor se trabalhou neste “Deadpool 2”. Interessante, apelativa e muito bem aplicada. Os cenários é que pecam pela sua escassez… a vontade de se focar quase exclusivamente na destruição dá nisto. Cenas existem que até perdem o interesse de tão fraquitas que estão em termos de filmagem.

 

Em suma; “Deadpool 2” é – mais um – bom exemplo de como estragar um bom filme. Vale a pena ver o dito somente para quem gostar muito do Deadpool… Já quem não gostar tem outras alternativas bem melhores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:38


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Agosto 2018

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D