Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Como perder pontos de uma forma ridícula

por Pedro Silva, em 14.09.16

imgS620I181029T20160914214152.jpg 

imagem de zerozero

 

Primeira e importante ilação a retirar deste empate diante do FC Copenhaga. O Futebol Clube do Porto perdeu dois pontos de uma forma perfeitamente ridícula. E não foi – mais uma vez – por manifesta falta de aviso, pois quando fiz a antevisão desta partida chamei à atenção para a necessidade de haver compensações e que os dinamarqueses não iriam desaproveitar uma oportunidade para marcar golo se porventura os Dragões lhes “fizessem o jeito”.

 

Segunda ilação; é impossível a um defesa lateral conseguir “tapar” espaços quando tem pela frente uma série de adversários. Miguel Layún é um excelente jogador mas está longe, muito longe, de ser um “Super-homem” e como tal necessita de que os seus companheiros o ajudem sempre que este sobe pela sua faixa. A tarefa de o ajudar cabia a Jesús Corona e a Héctor Herrera. Ao primeiro ainda podemos desculpar alguma falta de apoio ao Miguel dado que este tinha ordens para atacar e apoiar André silva na fase atacante da equipa, já o segundo foi – mais uma vez – uma tremenda aberração que não joga e não deixa jogar. Não é, portanto, para admirar que o Copenhaga tenha usado e abusado do flanco direito da defesa dos Azuis e Brancos para empatar um jogo que tinha começado a perder.

 

Terceira ilação; já se sabia que o FC Copenhaga ia apostar nos lances de bola área (está no seu ADN futebolístico). Era, então, estritamente necessário que a defesa Portista estivesse concentrada em todos estes lances. O que aconteceu no golo da equipa nórdica? Estavam todos a dormir na forma com Iker Casillas a mostrar (outra vez!) que bolas pelo ar não é com ele. Será preciso um desastre ainda maior do que aquele que vimos hoje para que José Sá seja o titular da baliza do FC Porto?

 

Quarta e última ilação; nada está perdido mas tendo em consideração que na jornada seguinte os Dragões vão a Inglaterra medir forças com o Leicester é caso para se dizer que hoje o Futebol Clube do Porto “meteu uma argolada” daquelas.

 

Chave do Jogo: Apareceu no minuto 51´, altura em que os dinamarqueses chegaram ao golo do empate. A partir daí o jogo ficou praticamente na mão do FC Copenhaga que se limitou a gerir o esforço diante de um Dragão que “perdeu a cabeça”.

 

Arbitragem: Matej Jug e a sua equipa de arbitragem levaram a cabo uma arbitragem pouco satisfatória. Não se deu muito pelo árbitro é um facto, mas parece ter ficado uma Grande Penalidade por marcar a favor do Futebol Clube do Porto por falta na área após carga sobre Jesús Corona.

 

Positivo: Óliver Torres e Otávio. O espanhol voltou a mostrar todo o seu perfume em campo e Otávio foi o atleta mais inconformado do ataque portista. Ambos mereciam mais do que um simples empate diante do FC Copenhaga.

 

Negativo: Héctor Herrera e Iker Casillas. O mexicano foi uma tremenda nulidade em campo e Casillas esteve igual a si mesmo em mais um lance aéreo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Setembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D