Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Campeão de Inverno, mas…

por Pedro Silva, em 07.01.18

imgS620I212235T20180107223040.jpg 

imagem retirada de zerozero

 

Finalizada que está a primeira volta da Liga NOS, eis que o Futebol Clube do Porto é o líder isolado da classificação. Podemos e devemos, apelidar a equipa portista de “Campeão de Inverno” mas se a equipa azul e branca quiser ser a campeã nacional terá de evitar jogar como jogou na primeira parte da partida de hoje diante do Vitória Sport Clube.

 

Pensava eu que esta coisa de “os jogos estão ganhos e como tal não precisamos de correr muito” não se aplicava a este Porto de Sérgio Conceição. Pois enganei-me por completo, pois foi precisamente esta a postura seguida hoje pelo FC Porto na primeira parte. Não admirou, portanto, que o Vitória se tivesse adiantado no marcador perante o olhar inquieto, mas nada surpreso, de todo o público presente no Estádio do Dragão. Claro que compreendo - e até que aceito - o facto indesmentível de que os jogadores não são máquinas, mas estes são, acima de tudo, profissionais. Para mais estes profissionais já deveriam saber que em Portugal somente Benfica e Sporting têm os jogos ganhos à partida (e quando tal não sucede, eis que surgem sempre as habituais “forças de desbloqueio”).

 

Ora tudo isto para dizer que este FC Porto de Sérgio Conceição está (ainda?) muito longe de ser aquele FC Porto de José Mourinho que dominava de tal forma o seu adversário que sofrer um golo inaugural não era sinónimo de preocupação. È importante manter sempre o “pé no acelerador” e os níveis de concentração no máximo pois não vai aparecer sempre um Brahimi inspirado e uma dupla de guerreiros incansáveis de nome Aboubakar e Marega. E nem vou aqui fazer menção ao segundo golo sofrido…

 

À parte de tudo isto há que ressalvar a capacidade de luta e a Fé que os Dragões demonstram em campo. Tal é, sem sombra de dúvida, o cunho pessoal de Sérgio Conceição que marca a diferença - para melhor – relativamente ao FC Porto de Nuno dado que esta “garra” faz com que se criem mais oportunidades de golo, mas a verdade que lhe falta (ainda) velocidade de execução. Vamos a ver o que vai acontecer até ao final da pressente temporada.

 

Uma palavra final para dizer o quanto aprecio este Guimarães de Pedro Martins. É uma equipa que tem as suas limitações é um facto, mas esta hoje demonstrou que está muito bem trabalhada não obstante a qualidade média baixa do seu plantel. Não foi somente por demérito que os portistas se apanharam a perder na primeira parte. Há que dar mérito a este Vitória e perguntar a Pedro Martins por que razão este Vitória Sport Clube não consegue fazer o mesmo nos jogos em que defronta os outros “Grandes”.

 

MVP (Most Valuable Player): Yacine Brahimi. Quando tudo parecia estar complicado para as aspirações azuis e brancas, Brahimi pegou na bola e fez magia. Magia esta que desbloqueou o jogo a favor do Dragões dado que redundou num tremendo golo. Yacine Brahimi é, muito por culpa deste lance, o MVP desta partida.  

 

Chave do Jogo: Apareceu no minuto 62´ para resolver a “contenda” a favor do Futebol Clube do Porto. Foi nesta altura que Brahimi marcou o segundo golo do FC Porto e colocou um ponto final em toda e qualquer resistência vitoriana. Resistência que, sublinhe-se, até ao momento vinha sendo eficaz e difícil de digerir por todos os portistas presentes no Estádio do Dragão.

 

Arbitragem: Vários lances do primeiro tempo suscitaram dúvidas e levaram a boa dose de protestos. Grande parte deles são difíceis de deliberar, mas um agarrão de Jubal a Marega na grande área parece evidente. Má prestação da parte da equipa de arbitragem liderada por Artur Soares Dias.

 

Positivo: Acreditar até ao fim. Os jogos ganham-se se as equipas trabalharem para isto. Não obstante o “adormecimento” inicial, esta equipa do Futebol Clube do Porto mostrou – mais uma vez – que é capaz de lutar até ao limite das suas forças pela vitória final. Um aspecto que é de louvar nesta equipa de Sérgio Conceição.

 

Negativo: Velocidade de circulação (mais uma vez). Diante de equipas organizadas e de qualidade mediana é extremamente importante que se aposte na velocidade de circulação de bola para, dessa forma, criar espaços que permitam tentar o golo. Mais ima vez, a melhorar Sérgio Conceição.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55


4 comentários

Perfil Facebook

De Fernando Oliveira a 08.01.2018 às 11:32

"Para mais estes profissionais já deveriam saber que em Portugal somente Benfica e Sporting têm os jogos ganhos à partida", essa deve ser para rir. Durante 30 anos usufruiram dessa benesse isoladamente,  nos tempos correntes continuam a beneficiar tal como os outros, aliás basta lembrar o jogo do Belenenses, entre outros, que se não fossem as chamadas forças, neste caso de bloqueio ao Belenenses, nunca o fcp teria ganho.
Coerência, meu caro, coerência, é o que o  seu treinador apregoa sem se lembrar que os espelhos que tem em casa são para usar.
Imagem de perfil

De Pedro Silva a 08.01.2018 às 13:57

"Meu caro"

Deduzo que seja a primeira vez que aqui comenta- Alias até que acredito que seja a primeira vez que lê o que aqui escrevo. Está de passagem e como tal é natural que "meta o pé na argola". É que quando os erros arbitrais são a favor do Futebol Clube do Porto estes são por mim mencionados nestes artigos de opinião. Duvida? Então o "meu caro" que consulte o arquivo do blog e retire as suas dúvidas. E já agora, antes de comentar faça uma séria pesquisa para não se equivocar.

Quanto ao resto; vamos comparar a quantidade de vezes em que Benfica e Sporting viram os seus jogos "desbloqueados" por erros crassos de arbitragem e as vezes em que os portistas tiveram tal "sorte"? Vamos mesmo comparar tal coisa? Tem a certeza? Não quer fazer uma profunda pesquisa antes de aceitar tal desafio? Fica uma nota; tivesse a Liga NOS arbitragens isentas e tanto Sporting como Benfica não estariam tão perto do FC Porto na tabela classificativa.

Terminando; o que tenho eu a ver com aquilo que Sérgio Conceição diz em público? Que eu saiba não sou a caixa de ressonância de ninguém- Se ao "meu caro" incomoda aquilo que o treinador diz tem boa escolha: mude canal ou frequência. E pode sempre tirar o som ao rádio e à TV.
Perfil Facebook

De Fernando Oliveira a 16.01.2018 às 11:03

Bem, meu caro, repito, coerência, coerência, isto porque apesar do "pé na argola" que acha que eu meti, eu tive o cuidado de verificar o caso Beleneneses que referi, entre outros, mas que não estando totalmente a par, não mencionei. E de facto, meu caro, admitiu que o Belenenses nunca devia ter perdido. Mas ao admitir tal facto, não deve proferir a afirmação "Para mais estes profissionais já deveriam saber que em Portugal somente Benfica e Sporting têm os jogos ganhos à partida", porque no caso em apreço o FCP tinha o jogo ganho à partida, até porque estamos perante a "fortaleza do dragão", na qual já é um escândalo empatar, quanto mais perder, não é?
Com tudo isto recordo-lhe que eu não admiti que os rivais do seu amado clube não são beneficiados, claro que são, e apenas lembrei-lhe, não colocando em causa a sua convicção de que as benesses predominam para os seus rivais, que em tempos idos a referida predominância de benesses estavam do seu lado, pelo que a ter em atenção as suas palavras muito o meu caro deve ter alertado o seu adorado clube relativamente às inúmeras oferendas de que foi alvo por pagamento de outras tantas.
Quanto ao que tem a ver com o Sérgio Conceição, não sei, segundo as suas palavras, nada. Apenas lhe lembrei que o meu caro, à semelhança de todos os treinadores não prima pela coerência, atendendo ao que referi.
Não me causando qualquer incomodo o que muito oiço e leio, o meu caro tem razão, a mudança de canal e/ou o retirar do som poupa-nos a "muita coisa" tal como mudar de leituras e ignorar o seu blog, o que o meu caro pode fazer em relação aos meus comentários. Pela minha parte,  continuarei a viver como antes, e o meu caro presumo que também.
Imagem de perfil

De Pedro Silva a 16.01.2018 às 13:18

Ainda bem que reconheceu o seu erro. Fica-lhe bem e tem o meu profundo apreço por tal. Agora não se sirva do mesmo para "virar o bico ao prego". Ou seja; é ponto assente que nos jogos em que tanto SL Benfica como Sporting CP surgem sempre as tais "benesses" na hora certa para "descompiicar" a partida a favor deste dois. Para mais, pasme-se, estes dois são sempre muito mais sortudos do que o FC Porto neste aspecto...

E já agora; isto do (passo a citar) "em tempos idos a referida predominância de benesses estavam do seu lado, pelo que a ter em atenção as suas palavras muito o meu caro deve ter alertado o seu adorado clube relativamente às inúmeras oferendas de que foi alvo por pagamento de outras tantas" não está relacionado com o "Apito Final", pois não?

De resto "meu caro" toda e qualquer pessoa é bem vinda a este espaço. E como não sou o "Dono da Razão" dou total primazia à liberdade de opinião. Por isto sempre que lhe aprouver leia o que aqui escrevo e comente. Se não lhe aprouver, é lá consigo.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Frase do Ano


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2017)


Publicidade




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D