Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Agnus Dei - As inocentes

por Pedro Silva, em 05.03.17

570227.jpeg 

DramaHistóriaGuerra - (2016) "The Innocents"

Realizador: Anne Fontaine

Elenco: Lou de Laâge, Agata Buzek, Agata Kulesza, Vincent Macaigne

 

Sinopse: Estamos na Polónia, no inverno de 1945, logo após o fim da II Guerra Mundial. Uma jovem médica da Cruz Vermelha Francesa, Mathilde Beaulieu, acorre ao chamado de uma freira de um convento de beneditinas onde uma rapariga está a dar à luz. Pensa tratar-se de uma jovem da vila que lá foi acolhida, mas acaba por lhe ser revelado que várias das irmãs foram violadas por soldados soviéticos, ficaram grávidas e não irão abortar, por razões óbvias. As freiras pedem-lhe encarecidamente, ajuda e sigilo.

 

Critica: Por vezes faz bem ao espirito sair um pouco do habitual circuito de cinema para experimentar outras tendências. Fiz isto com este “Agnus Dei - As inocentes” de Anne Fontaine e a aposta foi ganha dado que o filme é deveras interessante e muito - mesmo muito – cativante não obstante a língua francesa não se dar muito bem com a sétima arte.

 

O que mais gostei nesta produção de : Anne Fontaine foi o argumento. O dito é algo “pesado” no início, mas há medida que a história se vai desenvolvendo este vai ficando interessante. E fica de tal forma interessante que é praticamente impossível não o seguir atentamente até ao fim. O final da história está simplesmente delicioso. Deliciosa está também a critica que este filme nos transmite e que nos deixa a pensar. Simplsmente genial Madame Anne Fontaine.

 

No elenco tenho de dar os parabéns a Lou de Laâge que realiza aqui um trabalho fenomenal. O seu papel não é nada fácil de se interpretar tendo em consideração a forma como a personagem lida com tudo o que vai sucedendo. Uma Actriz no verdadeiro sentido do termo. Já Vincent Macaigne fez o oposto da sua colega… Fraco e em muitos momentos irritante nos diálogos. Quanto ao restante elenco nada a dizer senão que estiveram dentro do exigível.

 

Por últimos os cenários e banda sonora. Nos cenários apraz-me dizer que a coisa poderia estar melhor dado que falta (muita) variedade. A banda sonora praticamente não existe, mas também não faz falta nenhuma porque este é daq8iels filmes que não exige tal para poder ser considerado brilhante.

 

Concluindo, Agnus Dei - As inocentes é um filme que tem a minha alta recomendação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:37


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D