Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A União Europeia acabou

por Pedro Silva, em 05.02.15

Quarta-feira à noite, o Banco Central Europeu (BCE) decidiu deixar de aceitar a dívida grega como colateral (garantia) nos empréstimos aos bancos. Em comunicado, justificou a decisão com o facto de, neste momento, "não ser possível garantir que a revisão do programa grego terá sucesso".

In: Expresso (05/02/2015)

 

Ao que a União Europeia chegou. Quando uma Instituição chega ao ponto de recorrer a tácticas próprias da Máfia é sinal de que o fim chegou.

 

A ideia do Banco Central Europeu é o de criar o pânico no sistema bancário Grego. Isto porque após os clientes dos bancos Gregos saberem que não haverá mais algo que sustente o frágil sistema bancário do País, o natural será que estes levantem de imediato todos os seus depósitos. Uma corrida aos depósitos com os resultados que desastrosos que todos conhecemos.

 

Em resumo; extorsão no puro sentido do termo. A Alemanha quer manter a Austeridade Helénica a todo o cisto. Nada lhe interessa que tal esteja a ceifar Vidas inteiras e como tem enfrentado uma séria e dura resistência da parte do novo Executivo Grego (Executivo este que tem recebido apoios de outros Estados membros da União Europeia/Zona EURO), eis que recorre à cobardia típica dos mafiosozzonas.

 

Depois disto é mais do que claro dizer que a União Europeia acabou. Pelo menos em termos de prestígio e respeito. E queriam uns certos tolinhos fazer da União Europeia um Estado Federado.

10346372_586999344768238_8972624321296481703_n.jpg 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:25


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


gatices


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Publicidade


Futebol Clube do Porto

<<

Dios falleció (RIP 25/11/2020)

<<


No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

subscrever feeds