Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Morte de Estaline

por Pedro Silva, em 15.07.18

614527.jfif 

"The Death of Stalin"

ComédiaHistória - (2017)

Realizador: Armando Iannucci

Elenco: Steve Buscemi, Simon Russell Beale, Jeffrey Tambor

 

Sinopse: União Soviética, 1953. Após a morte de Josef Stalin (Adrian McLoughlin), o alto escalão do comitê do Partido Comunista se vê em momentos caóticos para decidir quem será o sucessor do líder soviético.

 

Critica: Filme muito interessante e, inclusive, engraçado q.b, mas peca por ser incompleto. Muito incompleto, porque uma caricatura é muito mais do que um conjunto de graçolas muito bem elaboradas. Uma caricatura no verdadeiro sentido do termo exige (entre outras coisas) uma cabal e extensa explicação do que está a acontecer e, mais importante do que tudo, proceder-se à devida identificação dos intervenientes de tal caricatura. Para mim que estou a ler as obras de Simon Sebag Montefiore sobre Estaline não me foi nada complicado perceber e apreciar a obra de Armando Iannucci, mas quem não o fizer terá imensas dificuldades em apreciar tão bom filme.

 

O argumento deste “A Morte de Estaline” está muito interessante. Mesmo muito interessante. Estou em crer que com este argumento o Realizador Armando Iannucci conseguiu fazer exactamente o que pretendia. O argumento desta sua prodição cinematográfica vai de encontro à caricatura que este pretende fazer ao antigo regime soviético e a um dos seus piores períodos. Gostei imenso da forma como Iannucci conseguiu caricaturar algo que é retratado em muitos documentários como o pior que a URSS ofereceu ao Mundo. Parabéns Armando Iannucci.

 

Sobre o elenco não me apraz dizer muito mais senão que esteve “normal”. Isto tendo em consideração aquilo que vou lendo nas já aqui citadas obras literárias. Também tendo em consideração o tipo de filme de que estamos a falar, não era, de todo, expectável que fosse brindado com interpretações fora do normal.

 

O que também está muito bom trabalhado é a banda sonora e os cenários que foram superiormente estudados e muito bem filmados. Mais uma vez tenho de dar os parabéns a Armando Iannucci e a toda sua equipa pelo excelente trabalho nestes dois importantes aspectos do cinema.

 

Concluindo; “A Morte de Estaline” de Armando Iannucci tem a minha profunda recomendação não obstante a lacuna fatal a que já aqui fiz referência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:43


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


gatices


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Publicidade


Futebol Clube do Porto

<<

Dios falleció (RIP 25/11/2020)

<<


No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

subscrever feeds