Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Custa assim tanto evoluir?

por Pedro Silva, em 14.03.16

Imagem Crónica RS.png 

Reza a história da Humanidade que esta reage sempre mal, muito mal mesmo, a toda e qualquer mudança. Ainda o Homem estava a passar pelo processo evolutivo que culminou – até mais ver - no Homo sapiens sapiens e este já reagia com violência á mudança própria da passagem do tempo. Em suma, qualquer tipo de evolução sofreu, e sofre, sempre muita resistência da parte do Ser Humano.

 

Ora vêm isto a respeito da chegada da UBER ao nosso País. Desde que a empresa de transporte de pessoas chegou a Portugal que temos assistido a vergonhosas manifestações violentas e a actos criminosos que vão desde a extorsão à violência física e psicológica por parte dos taxistas. A cereja no topo deste triste bolo são as últimas declarações do Sr. Ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, que são o corolário da incompreensão humana relativamente à evolução.

 

Confesso que compreendo a necessidade que o Governo tenha de saber agradar a “Gregos e Troianos” no actual “xadrez” político e que é fundamental captar o maior número possível de votos dado que não existem garantias totais de que António Costa se mantenha no poder durante os 4 anos da legislatura, mas existem limites para tudo. Para mais já vai sendo mais do que hora de o mercado de transporte de pessoas evolua.

 

 Para além disto fica mal ao Sr. Ministro vir a público dizer que “É evidente. A UBER é ilegal”. E fica mal porque se passa a mensagem de que o que o Governo quer é cobrar à dita Empresa as taxas e taxinhas absurdas que aplica a quem tem um serviço de Táxis, porque ao Estado não lhe basta o pagamento obrigatório do Imposto Único Circulação (IUC), Seguro Automóvel e Imposto Sobre os Combustíveis.

 

Em vez de andarem a partir tudo, a bater em toda a gente e fazerem o impossível para que permaneça um certo corporativismo que roça o oportunismo e o ridículo os Taxistas bem que poderiam aproveitar a chegada da UBER para evoluir. È que eu, e outros como eu, já estamos um tudo ou nada fartos de ser aldrabados. Não é a primeira vez, nem será a última, que apanho um Táxi e o seu condutor anda devagar, devagarinho, para ter de parar em tudo quanto é semáforo para que o preço final do transporte seja do seu agrado… Isto quando me desloco a uma cidade que não conheço e o Taxista resolve ir pelo caminho mais longo para chegar ao destino que desejo. Situações que na UBER não acontecem dado que as viagens são pré-pagas.

 

Custa assim tanto evoluir?

 

Artigo publicado no Repórter Sombra

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54


Norte vs Sul

por Pedro Silva, em 15.02.16

Imagem Crónica RS.jpg 

1 – Começo, desde já, por dizer que estou inteiramente do lado do actual Presidente da Câmara Municipal do Porto. E faço-o não por ser Portuense nem pro achar que faça sentido algum a Guerra Norte/Sul mas sim porque Rui Moreira tem toda a razão naquilo que tem dito publicamente sobre a TAP. E, ressalve-se, que já não é o primeiro Autarca da cidade do Porto a ter de tomar tais posições na Praça Pública porque esta posição agressiva para com o Porto, o Norte e Portugal da parte Administração da Companhia Área Portuguesa já tem décadas. Desde que Fernando Pinto foi nomeado por Jorge Coelho, antigo Ministro da Administração Interna de António Guterres (salvo erro), Administrador da Companhia que a TAP tem tido esta triste e pecaminosa postura para com todos nós.

 

 E sim. A postura recente da TAP para com o Aeroporto Francisco Sá Carneiro afecta-nos a todos de Norte a Sul. Isto porque não faz sentido absolutamente nenhum que quem tenha a sua sede empresarial em Viana do Castelo, Coimbra, Beja ou Faro tenha de entrar e sair de Portugal pelo Aeroporto da Portela (Lisboa). O mesmo tipo de raciocínio se aplica ao turismo. Tal coisa não faz sentido absolutamente nenhum dado que só terá um único efeito negativo: afastar o investimento de Portugal e concentrar numa única região do nosso País tudo e mais alguma coisa!

 

2 – Rui Moreira tem feito passar a ideia de que a TAP está atentar suprimir o Aeroporto do Porto para que desta forma se force a construção de uma terceira travessia sobre o rio Tejo, se construa um novo Aeroporto em Lisboa e o TGV. E se a lógica de Rui Moreira fizer algum sentido e não tiver sido desmentida por ninguém, então temos aqui uma Guerra. Uma Guerra que Lisboa começou sem necessidade alguma.

 

Ora vejamos. Portugal Continental tem 3 portas áreas. São elas: Porto, Lisboa e Faro. Em todas elas existem acessos e infra estruturas que permitem a deslocações por todo o País. Como tal faz mais sentido que Portugal invista na melhoria das suas três portas áreas em vez de o fazer somente numa. Contudo tem vindo a público que o Governo de António Costa vai continuar a bater-se pela ampliação do Aeroporto de Lisboa...

 

Ou seja; Lisboa está mesmo a ”comprar” uma Guerra que não tem sentido nenhum!

 

3 – Atenção que eu não sou contra a construção de uma terceira travessia sobre o Tejo. E muito menos me oponho à chegada do TGV ao nosso País. Pelo contrário!

 

Se é realmente necessário construir uma outra ponte que ligue as duas margens da Capital, então que se faça. Mas, repito, somente se tal for mesmo necessário!

 

Quanto ao TGV sou da opinião que este já cá deveria estar há muito. Mas não a qualquer preço. Primeiro que tudo há que renovar toda a nossa linha ferroviária que continua a ser exclusiva. E só depois é que se passa à implementação do TGV na zona de Portugal onde a sua construção faça mais sentido.

 

Passo a explicar; Portugal e Espanha têm um sistema ferroviário que utiliza as construções Franquistas e Salazaristas: a Linha Ibérica. Ligeiramente mais larga do que a que é utilizada na Europa Central, esta obriga a que as mercadorias que venham de Portugal e Espanha tenham de ser recolocadas num outro comboio na fronteira com França. Tal operação acarreta custos que aumentam o preço do produto final. O mesmo problema se coloca ao contrário (com os produtos que venham da Europa Central para a Península Ibérica).

 

Ora obviamente que faxe a esta situação a construção de um TGV que ligue directamente a Península Ibérica à restante Europa é uma excelente ideia que baixará custos e preços dos produtos. Contudo há que ser racional na sua construção, pois se seguirmos a ideia que está em cima da mesa que passa pela construção de um TGV em solo Luso que terá o percurso mais longo irá fazer com que os custos de exportação/importação de produtos sejam ainda mais elevado do que a manutenção do sistema actual. O que faz mais sentido é construir a linha do TGV mais ou menos no centro de Portugal e reforçar as ferrovias existentes para que se possa fazer a ligação desta ao restante País.

 

Custa assim tanto chegar a esta conclusão? Pelos vistos para os nossos Governantes cista e de que maneira! E pelos vistos o problema é crónico e contagioso pois passa de Governo para Governo.

 

4 – Uma última e breve nota.

 

Vejo muita gente a criticar o Executivo de António Costa por causa da reposição das 35H semanais na Função Pública. Ora eu gostava de perguntar a esta gente o que acha do facto de os Bancários terem, há anos a fio, uma jornada semanal de trabalho de…35H!

 

Não acham tal uma injustiça para com os Trabalhadores de outros sectores privados ou o vosso mal está somente na Função Pública?

 

Artigo publicado no Repórter Sombra

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00


Mais do mesmo (não se deixem enganar)

por Pedro Silva, em 14.12.15

imgS620I166411T20151214131923.jpg 

Ianmgem de zerozero

 

Num jogo que começou ontem (Domingo) e só terminou hoje (Segunda) por causa do famoso nevoeiro da Choupana, o Futebol Clube do Porto confirmou aquilo que eu já sabia: está a piorar a cada jogo que realiza! Ao contrário de outras equipas que vão melhorando o seu jogo á medida que se aproxima a fase decisiva da época (meados de Janeiro/Fevereiro).

 

Já sei que haverá por aí muito crente que vai aproveitar esta “tristonha” (para não dizer medrosa) vitória ante o CD Nacional para dizer que afinal Lopetegui até sabe o que faz. E efectivamente sabe… Sabe como colocar um dos “Grandes” do nosso futebol a “jogar à equipa pequena”. Isto de após o intervalo se meter a defender o 2 a 1 é de génio. Não haja dúvida de tal! Julen está mesmo muito à frente do seu tempo. Nós, simplórios adeptos e Treinadores adversários, é que não o entendemos.

 

Os Azuis e Brancos marcaram um golo de canto. Coisa rara! Eu não tenho jeito nenhum para jogar Basquetebol mas às vezes tenho a sorte de conseguir marcar um triplo á moda da NBA! Lopetegui que não melhore este aspecto que não é preciso… E que continue a teimar na sua “posse pela posse” que vai longe. Nada de pressionar o portador da bola quando não se tem a posse da bola, transições rápidas nem pensar e velocidade de execução sempre no devagar, devagarinho que é assim é que é bom.

 

Mas vá, o mais importante ficou feito. O Porto venceu e a luta pelo Título continua. Mas parece-me que a jogar assim o Dragão vai acabar por entregar o Título em Alvalade já no princípio de 2016.

 

Ainda sobre o CD Nacional 1 x FC Porto 2 gostaria de fazer nota de um lance polémico na grande área Azul e Branca. Ao que parece no meio do nevoeiro e com uma câmara por detrás da baliza de Casillas os comentadores ad SPORTTV conseguiram descortinar o dito lance… Só é pena que não façam o mesmo esforço quando os visados são SL Benfica e Sporting CP. Adiante que isto de empurrar Jogadores da barreira e de os impedir de se mexer é uma coisa perfeitamente normal!

 

Chave do Jogo: A dita surgiu ao intervalo e poderia ter ajudado a equipa de Manuel Machado. Isto porque durante a primeira parte da partida os Dragões revelaram algumas dificuldades em controlar o meio campo dos Alvi Negros devido à lesão de Danilo e Julen Lopetegui em vez de ao intervalo ter procurado reforçar o meio campo (Rúben Neves não é, nem nunca será, um trinco) resolve retirar do campo Layún - que estava a realizar um bom jogo - para colocar em campo Maicon, passando desta forma a jogar com 3 centrais em campo (com Indi no lugar de Layún). Foi a partir deste momento que o Nacional se tornou mais perigoso e causou muitos problemas ao FC Porto que se preocupou sempre mais em gerir um 2 a 1 a seu favor do quem resolver a partida de uma vez.

 

Positivo: Herrera. São raras, muito raras mesmo, as ocasiões em que o Mexicano mostra serviço e a razão pela qual a SAD Portista apostou tanto nele e diante do Nacional vimos o melhor que Herrera pode fazer pelo Clube Azul e Branco. Uma opçãop a manter no onze inicial caso o Mexicano volte a mostrar a alma e garra que mostrou nesta partida.

 

Negativo: A escassez/excesso do actual plantel do Futebol Clube do Porto. Já há muito que venho ouvindo um comentador da Atena 1 dizer que os Azuis e Brancos têm excesso de opções para determinadas posições e escassez noutras e esta partida da Madeira mostrou-nos isto mesmo. Efectivamente não existe um suplente de Danilo tendo muitas vezes Julen Lopetegui de recorrer à adaptação de Rúben Neves e/ou Imbula á posição de trinco e depois a equipa acaba por sentir a adaptação perdendo imensa qualidade no seu meio campo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:03


Clichés

por Pedro Silva, em 08.08.13

Confesso que acho uma certa piada ao discurso adoptado pelo Executivo de Passos Coelho nos últimos tempos. A lengalenga é sempre a mesma quer os Ministros/Secretários de Estado estejam em funções ou em vias de demissão.

 

Ora vejamos o que disse Joaquim Pais Jorge aquando da sua demissão (demissão esta que veio depois de um prometido esclarecimento da parte do Executivo, esclarecimento este que nunca viu a luz do dia):

 

“Perante a grandeza destes desafios, nunca pensei que os maiores obstáculos emergissem do domínio estritamente pessoal. Enganei-me”

 

Esta já é usual. Os desafios são sempre grandes e muitos, assim como os obstáculos, mas se não são ultrapassados é por engano

 

“As notícias vindas a público nos últimos dias, em que uma apresentação com mais de oito anos foi falseada para que incluísse o meu nome, revelam um nível de actuação política que considero intolerável. A minha disponibilidade para servir o país sempre foi total. Não tenho, no entanto, grande tolerância para a baixeza que foi evidenciada.”

 

Alto e para o baile! Será que Joaquim Pais Jorge pagou Direitos de Autor? É que isto da baixeza é o argumento de defesa n.º 1 utilizado vezes sem conta pelo Sr. Ministro dos Negócios Estrangeiros Rui Machete. Cuidado Joaquim porque vêm aí Processo judicial!

 

“Considero que não tenho que me sujeitar a este tipo de tratamento mediático de que fui alvo nos últimos dias. Foram exploradas e distorcidas declarações que fiz sempre de boa-fé. É este lado podre da política, de que os Portugueses tantas vezes se queixam, que expulsa aqueles que querem colocar o seu saber e a sua experiência ao serviço do País”

 

Querem ver que isto ainda vai “colar” e vai haver gente que lhe dedicará uma página do facebook tal como fizeram com Álvaro Santos Pereira, o Ministro da Emigração, Pasteis de Nata, Frango Assado e afins?

 

“Tomei esta difícil decisão porque nunca permitirei que controvérsias criadas sobre o meu percurso profissional, que não escondi, possam ser usadas como arma de arremesso político contra o Governo.”

 

Joaquim, o Altruísta! Como se no actual Executivo já não houvessem controvérsias suficientes para deitar abaixo a Torre dos Clérigos, o Mosteiro dos Jerónimos, a Estátua do Marquês de Pombal e ainda dá para abanar um pouco o Mosteiro da Batalha.

 

"Nenhuma manobra de baixa política poderia mudar a minha disposição de serviço à causa pública, nem de dedicação a Portugal. Retiro-me, no entanto, esperando muito sinceramente que a minha saída permita que todos se recentrem naquilo que é verdadeiramente importante".

 

Amam tanto a Pátria mas não se inscrevem como voluntários nas Forças Armadas. Vá-se lá entender este Amor Louco e Desgovernado.

 

É o fim do pobre Joaquim. Mas não se preocupem porque o nosso amigo vai voltar a ocupar o seu cargo de jarra da sala de reuniões do Citibank. O Homem não morre á fome isto é garantido. Nem vai ficar sem os luxos que o ordenado de jarra lhe permite ter.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D