Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quando o Treinador resolve aparecer

por Pedro Silva, em 15.04.15

imgS620I153576T20150415211725.jpg 

Um importante ponto prévio para que não se retirem conclusões idiotas; tenho por hábito elogiar Julen Lopetegui quando acho que este merece tal e critico-o quando tenho de o criticar. Que isto fique bem patente na mente de quem vai iniciar a leitura desta minha opinião. Passemos para a opinião propiamente dita.

 

Se há jogos onde tenho de tirar o chapéu a Lopetegui é este ante o Bayern. O Basco deu aquilo que no mundo da bola se chama de “banhada táctica” a um dos melhores Treinadores do Mundo! Desta vez Julen soube o que tinha de fazer, como fazer e, mais importante que tudo, quando o fazer.

 

Gostei de ver e perceber que este Futebol Clube do Porto colocou de lado uma teimosia que já lhe custou tantos pontos no nosso Campeonato e optou por um jogo prático, feio e simples quando tinha de o fazer e optou pela sua posse pela posse quando o jogo exigia tal postura. É natural que se diga que os Azuis e Brancos tiveram alguma sorte nesta sua grandiosa vitória ante um crónico candidato à vitória final na Champions, mas como tudo na Vida a sorte procura-se e se há coisa que esta equipa fez foi por ter sorte e vencer de forma categórica um colosso Europeu.

 

Quanto às “mexidas” acho que Lopetegui esteve muito bem. O ponto alto da sua intervenção na partida notou-se no intervalo dado que conseguiu acalmar e colocar novamente nos eixos a equipa que parecia estar a acusar a vantagem de dois golos que tinha alcançado numa fase prematura da partida. Só me pergunto porquê razão Julen não consegue ser este Líder em certos jogos do nosso Campeonato, pois se o tivesse sido em certos momentos chave de certeza que Jorge Jesus não estaria neste momento a gozar com o nome do Basco.

 

Relativamente ao golo sofrido pelo FC Porto nada a dizer e fazer. É daqueles golos onde é complicado apontar o dedo a alguém porque houve talento e muito trabalho da parte do adversário. Se bem que acho que se recomenda mais alguma atenção à defesa Portista em certos momentos do jogo. Um problema antigo (digo eu)…

 

Duas notas finais para encerrar:

 

- Nunca vi uma equipa de Pep Guardiola a dar tanta pancada em campo. Mais uma prova de que Julen Lopetegui deu um autêntico “banho de táctica” ao Catalão;

 

- Esta vitória Portista é inteiramente dedicada aos que andaram a pintar um desfecho negro para o FC Porto. Com ou sem 6 lesionados o Bayern é uma equipa de peso e acabou derrotada pelo Dragão. A esta malta que agora vai banalizar esta vitória Azul e Branca que batam com a cabeça na parede vezes sem conta para aliviar as dores de cotovelo.

 

Venha a Académica!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Frase do Ano


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2017)


Publicidade



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D