Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Lopeteguice (voltaram na pior altura)

por Pedro Silva, em 21.03.15

11080984_959605787391887_369499372461457763_n.jpg 

Este empate na Madeira ante o CD Nacional é a demonstração viva e clara de como se deita ao caixote do lixo uma possibilidade de aproximação ao primeiro lugar e de colocar muita pressão sobre o SL Benfica. Lopetegui foi o principal responsável por esta triste situação porque não soube mexer na equipa quando esta mais precisou dele. Vamos por partes.

 

Manuel Machado procurou que a sua equipa apresentasse um meio campo que pressionasse e a sua equipa estava a fazer tal tarefa muito bem. Como tal era vital manter a ligação entre todos os sectores Azuis e Brancos, Era vital que Óliver ou Rúben Neves tivessem entrado em campo, mas o Basco deu-lhe para brincar num jogo tão sério como o de hoje e colocou Evandro em campo (nem se deu pelo Jogador) e quando se apanhou a ganhar retirou Casemiro de campo e entregou o meio campo ao CD Nacional…

 

E como um mal nunca vem só eis que Lopetegui resolve responder ao empate com a entrada de Quintero. De génio! Fazer entrar em campo um Jogador que tem estado completamente em baixo em todos os jogos que realizou até à data para dar a volta a um amargo empate é brilhante. Nem Mourinho se lembraria de tal coisa.

 

Depois destas fabulosas trocas à Lopetegui foi natural ver o Nacional a colocar em xeque a defesa Portista vezes sem conta com as suas transições rápidas. O FC Porto só não perdeu hoje por mero acaso e tremenda aselhice dos avançados dos Alvi Negros.

 

De resto gostaria de fazer realçar o facto de que Herrera fez um péssimo jogo e que Brahimi tem estado muito em baixo. Já vai sendo mais do que hora de colocar certos Jogadores no banco de suplentes e acredito que esta terapia é capaz de fazer bem ao Argelino. Para mais Ricardo Quaresma mostrou hoje muito mais serviço do que Brahimi.

 

Julen Lopetegui parece ter ficado muito satisfeito com o empate. Ganhou um ponto ao SL Benfica e diz que os Dragões só dependem deles próprios para vencer o Campeonato...

 

Não é por nada, mas se porventura FC Porto e SL Benfica vencerem todos os jogos até ao confronto da Luz os Portistas têm de vencer em Lisboa por três bolas a zero para passarem para a liderança da Liga NOS… Alguém que faça o favor de explicar isto ao Basco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:42


Deixem-se de tretas!

por Pedro Silva, em 20.03.15

Os dragões vão medir forças com o atual campeão alemão, naquela que é uma reedição da final da Taça dos Campeões de 1987 - vencida pelos portugueses com golos de Madjer e Juary.

Na realidade, esse foi o único triunfo conseguido pelos portistas frente aos bávaros: o registo histórico contempla mais quatro duelos, com dois empates e duas vitórias da equipa de Munique. 

 

Em termos globais, o saldo dos azuis e brancos contra alemães é ligeiramente mais animador: em 29 confrontos – dois deles relativos à Taça das Cidades com Feira, que a UEFA não contabiliza como oficiais -, a formação da Invicta venceu 12, concedeu sete igualdades e perdeu por dez vezes.

 

Já que no diz que respeito às contas do oponente, o Bayern defrontou clubes portugueses em 22 ocasiões: saiu vitorioso em 13, empatou oito e perdeu apenas uma.

 

In: zerozero

vist.jpg

Primeiro que tudo há que dizer que sorteio é sorteio! Quem está entre os melhores 8 Clubes da Europa não pode ter receios seja de quem for.

 

Segundo, que eu saiba o Futebol Clube do Porto não alcançou os oitavos-de-final da Liga dos Campeões por convite da UEFA. Se os Portistas estão numa fase adiantada da prova milionária é porque fizeram para tal.

 

Terceiro, esta época os Dragões tem tido um registo impecável na Liga dos Campeões onde apenas somaram dois empates e venceram o seu Grupo. Tal registo fala por si e tal desempenho de uma equipa que entrou na prova por via de um play-off impõe respeito a qualquer um.

 

Quarto, e último ponto, os Dragões não são estreantes nestas coisas da Liga dos Campeões. Já venceram a prova por duas vezes e numa delas derrotaram o Bayern de Munique que na altura era o favorito à vitória final.

 

Por isto deixem-se de palermices e de tragédias.

 

O futebol está longe de ser uma ciência exacta e lógica. É verdade que o Bayern de Guardiola é uma equipa forte que merece todo o respeito, mas esta mesma equipa está longe de ser imbatível e ainda na época anterior foi completamente banalizada pelo Real Madrid CF em Munique e em Madrid.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:14

keep-calm-que-eu-tenho-o-melhor-pai-do-mundo-7.png 

A título de curiosidade deixo aqui um link para a história do Dia do Pai 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:09


O meu Animé (LXXXIV)

por Pedro Silva, em 18.03.15

sano50.jpg 

Sagara Sanosuke - Série: Samurai X

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:12


As Aventuras de Paddington

por Pedro Silva, em 17.03.15

paddington_bear_ver8_xlg.jpg 

Comédia, Familiar (2014) - "Paddington"

Realizador: Paul King

Elenco: Hugh Bonneville, Sally Hawkins, Julie Walters

 

Sinopse: Um jovem urso peruano que viaja até Londres, à procura de um novo lar. Perdido na Estação de Comboios de Paddington, receia que a vida em Londres não seja como ele imaginava... Mas eis que o urso é encontrado pela família Brown, que o adopta e de repente está tudo muito bem. Até ao dia em este urso, o mais raro de todos, atrai a atenção de uma taxidermista de um museu com umas contas antigas para ajustar...

 

Critica: Este é dos poucos filmes que me ficou na retina pelos bons motivos, daí que a minha nota seja: Muito Bom.

 

Paddington é algo mais do que um filme para toda a família. É uma versão do cinema que toca a todos sem execpção porque está exemplarmente bem trabalhado e consegue ser cativante apesar de a sua história ter alguns “tiques” infantis. Coloco esta produção do Realizador Inglês Paul King no mesmo patamar do filme “Um Porquinho chamado Babe” que também marcou pela positiva o Mundo da Sétima Arte.

 

Paddington oferece-nos uma série fantástica de cenários. Londres é mostrada ao Mundo de uma forma a que ainda ninguém a viu, e esta técnica de filmagem enriquece imenso o filme uma vez que o torna super interessante e cativa toda a nossa atenção. Um trabalho exemplar e elucidativo de que como se deve fazer cinema de qualidade.

 

A nível de efeitos especais somos deparados com um ou outro erro crasso. Nada que retire qualidade e brilho a Paddington, mas não é pelo facto de esta ser uma produção quem tem como público-alvo as crianças que se devem deixar passar em branco alguns desleixos. O que é uma pena pois não fossem estas pequenas gralhas e estaríamos perante uma excelente obra-prima Britânica.

 

Quanto ao argumento, tendo em consideração o género de filme de que estamos a falar, acho que está bom se bem que é algo de repetitivo. Daí a importância extrema dos cenários e de algumas piadas que trazem algo de novo a um argumento já muito explorado em filmes do mesmo género.

 

Quanto ao elenco, sou da opinião de que nem é carne nem peixe. Não vi trabalho de algum Actor e Actriz que se tenha destacado dos demais. Evidentemente que não é nada fácil contracenar com um boneco animado, mas não me pareceu que tenha surgido uma estrela brilhante em Paddington. Cada um dos Actores fez o seu papel dentro daquilo que se lhe exigia e nada mais.

 

Trata-se de um filme que recomendo vivamente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:11



Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D