Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Poucas notas

por Pedro Silva, em 28.01.15

243614_med_fc_porto_v_academica_taca_da_liga_2fg_2 

É um facto que depois de uma derrota ganhar é o melhor dos tónicos. Mesmo que a vitória tenha sido num “jogo a feijões” como foi este ante a Académica de Coimbra. Sabe bem para o ego e aumenta a moral e confiança de todos os profissionais do Dragão que estavam de rastos após a estapafúrdia derrota do passado Domingo.

 

Contudo poucas notas se podem retirar desta partida. A que sobressai é que Paulo Sérgio terá, sem dúvida alguma, mais talento para Forcado que para Treinador de Futebol… A Briosa está uma desgraça e a culpa não é só dos Jogadores que na sua grande maioria são de uma qualidade muito, muito, muito mediana e estou a ser muito simpático quando afirmo tal coisa.

 

Quanto ao Futebol Clube do Porto, como já aqui disse, pouco há a dizer dado que este jogo não trouxe nada de novo. Deu para perceber que Lopetegui continua a teimar na posse pela posse e a equipa continua, e continuará, a jogar sempre da mesma maneira faça chuva, faça sol sendo que por vezes lá “apanha” com uma académica pela frente e vence ora apanha uma equipa mais matreira e bem preparada como o CS Marítimo e perde. Não percebo como é que o Tribunal do Dragão tem tanta paciência com o Basco… Fosse Paulo Fonseca a fazer tais proezas e por esta altura já era alvo de insultos, petardos, tarjas, perseguições e tudo mais.

 

O golo sofrido por Helton é ridículo. Onde estava José Ángel e onde estavam os centrais no golo dos Estudantes? A tomar um café na esplanada com certeza. Depois venham-me dizer que o actual plantel dos Portistas é o melhor de sempre.

 

Algumas notas finais para terminar:

 

- Jackson Martinez está a melhorar a olhos vistos e mostrou mais uma vez a Lopetegui que o seu lugar é na área e não nas faixas do ataque Azul e Branco;

 

- Evandro voltou a fazer um jogo excelente no meio campo. E anda o Treinador do FC Porto a apostar num “apagado” Herrera;

 

- Rúben Neves deveria ser titular no lugar de Casemiro. É de longe muito melhor do que o Brasileiro em todos os aspectos para além de ter uma visão de jogo fabulosa;

 

- Quintero jogando no meio campo em apoio ao avançado até oportunidade de golo sabe criar. Só um cego não vê tal coisa. Arranjem uns binóculos a Lopetegui;

 

- E, para terminar, Gonçalo Paciência, filho do “matador” Domingos Paciência (antiga Glória do FC Porto) é mais uma prova de que o Dragão também sabe formar Jogadores de excelência.

 

Venha o Paços de Fonseca. O tal que na passada Segunda-feira deu uma “Segunda Vida” a Lopetegui ao ter feito melhor que o Espanhol esta época no comando de uma equipa que luta pela manutenção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:28


Mais sobre mim

foto do autor


gatices


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Futebol Clube do Porto


9 de Março de 1916

<<Por cada soldado, uma papoila

No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

Publicidade


Blog Rasurando

logo.jpg



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D