Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




The Hateful Eight

por Pedro Silva, em 03.01.16

The_Hateful_Eight.jpg

ComédiaDramaMistério (2015) – “The Hateful Eight”

Realizador: Quentin Tarantino

Elenco:  Samuel L. Jackson, Kurt Russell, Kurt Russell

 

Sinopse: Inspirado nos clássicos do gênero Sete Homens e um Destino (1960) e Os Doze Condenados (1967), o faroeste traz a história de uma diligência contendo vários passageiros, que são impedidos de continuar viagem por causa de uma nevasca. Logo, eles são vítimas de um ataque de caçadores de recompensas e outros criminosos.

 

Critica: Na Vida existem duas coisas inevitabilidades. Uma é que da morte ninguém escapa e a outra é que um filme de Quentin Tarantino é sempre um filme de excelência. Este The Hateful Eight é somente a confirmação (como se fosse preciso) do que escrevi atrás.

 

Tarantino é um génio do cinema que Hollywood resolveu desprezar por inveja. Os “donos do cinema” preferem uma nova geração de Realizadores que nem um filma decente sabem realizar a dar valor a um veterano que quando se retirar do mundo do cinema irá deixar a> Sétima Arte órfã para todo o sempre.

 

The Hateful Eight regressa aos bons tempos de Tarantino. Um filme contado por episódios onde o interesse no sucedido vai subindo gradualmente até atingir o seu pico máximo no final da história que Quentin nos conta com uma destreza e mestria impressionante. Ver este The Hateful Eight é como ir a um Restaurante Michelin.

 

Em termos de argumento esta produção de Tarantino está simplesmente genial. Como já aqui disse, a história desenrola-se calmamente e nenhum pormenor fica de fora. Tudo é apresentado no seu devido tempo e local. Uma excelente forma esta de fazer cinema! A história é complexa mas muito, mesmo muito, interessante e a forma como termina é do melhor que já vi em cinema.

 

Qyuanto ao elenco tenho de dizer que é do melhor que já vi. Quentin Tarantino é conhecido por trabalhar com os melhores e por exigir destes somente o melhor e nada mais. O resultado é um punhado de interpretações que fazem corar quem já venceu a tal de “estatueta de ouro”. Em suma todo o elenco tem um desempenho simplesmente perfeito.

 

Por últimos os cenários e banda sonora. O primeiro é escasso mas o tipo de história que nos é contada não precisa de variar muito em termos de cenário dado que o argumento e elenco fazem o favor de o tornar apetecível e muito apropriado para as circunstâncias. Quanto à banda sonora, esta está simplesmente divinal (assim como tudo o resto neste The Hateful Eight do Mestre Tarantino).

 

Em suma, trata-se de um filme que recomendo vivamente a que vejam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Mandela 1918 - 2013


Frase do Ano


Fechar Almaraz!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2016)


Publicidade




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D