Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Silêncio

por Pedro Silva, em 07.02.17

103918.jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxx.jpg

DramaHistória - (2016) "Silence"

Realizador: Martin Scorsese

Elenco: Liam Neeson, Andrew Garfield, Adam Driver, Tadanobu Asano

 

Sinopse: Ambientada no Japão no século XVI, a história trata de missionários portugueses que viajam ao país oriental para confortar convertidos locais e impedir que senhores feudais torturem padres cristãos - maneira local encontrada para tentar expulsar do Japão os catequistas europeus.

 

Critica: Se dúvidas haviam de que Martin Scorsese é um fantástico contador de histórias este seu “Silêncio” dissipou-as todas. Estamos perante uma produção fantástica! Uma obra-prima (mais uma) de um Realizador do qual sou cada vez mais um fervoroso adepto. Este é um dos melhores filmes que vi da autoria de Martin Scorsese. “Silêncio” tem tudo aquilo que um apreciador de cinema exige.

 

O argumento deste filme é simplesmente divinal. Estudado ao pormenor e muito atento ao pormenor, o argumento desta fantástica obra cinematográfica é capaz de “prender” a atenção de qualquer um desde o seu primeiro instante ao último. Uma coisa que apreciei bastante foi a rigidez histórica, rigidez que obrigou Scorsese a ter de estudar a fundo a época cuja história nos pretende contar e a verdade seja dita que o realizador se esmerou neste ponto. Nada - mesmo nada – é deixado ao acaso e o resultado é um argumento fantástico que tem de tudo. Uma lição para a Academia de Hollywood que anda agora a promover tretas sem gosto nem sal mas com muita música.

 

Ao passarmos para o elenco não fiquemos com a ideia de que o filme perde qualidade. Muito pelo contrário! Pode não ser um elenco carregado de nomes sonantes e de caras bonitas (isto é para o bailarico de que Hollywood adora), mas o elenco deste “Silêncio” está simplesmente divinal (tal como os eu argumento). Liam Neeson e Adam Driver interpretam as suas personagens de uma forma fantástica, mas a grande vedeta é mesmo Andrew Garfield que “arrasa por completo a concorrência”. “Papelaço”! É isto que Andrew Garfield faz em “Silêncio”. Uma palavra de apreço também para Tadanobu Asano que esteve ao nível fantástico de Andrew Garfield sem no entanto ter sido brilhante ficando por um muito – muito – bom.

 

Os cenários e banda sonora estão ao nível do filme em causa. Ou seja; estão excelentes. Já aqui o disse e repito, Martin Scorsese é um fantástico contador de histórias e para o ser está sempre muito atento aos pormenores, pormenores que fazem a diferença pela positiva neste seu “Silêncio”. Os cenários estão espectaculamente bem filmados e a banda sonora está ao nível dos melhores filmes de sempre do mundo do cinema.

 

Em suma, Silêncio de Martin Scorsese tem a minha elevadíssima recomendação. Numa altura em que se anda a perder tempo com musicais, este “Silêncio” é uma tremenda pedrada no charco do marasmo em que estão envolvidos os próximos prémios da Academia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:15



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728

Mandela 1918 - 2013


Triste direit(ol)a


Frase do Ano


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2016)


Publicidade




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D