Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Santos e Soldados: O Vazio

por Pedro Silva, em 09.07.15

saints and.jpg 

AcçãoDrama, Guerra (2014) - "Saints and Soldiers: The Void"

Realizador:  Ryan Little

Elenco: Adam Gregory, Timothy S. Shoemaker, Michael Todd Behrens, Matt Meese, Alex Boye, Stacey Harkey, Bart Johnson

 

Sinopse: Alemanha, Maio de 1945, o crepúsculo da Segunda Guerra Mundial. A tripulação de um tanque Americano descobre um pelotão de Alemães, incluindo três tanques Panzer preparandos para emboscar os camiões de abastecimento Aliados. Entre a tripulação do tanque predominantemente branca dos Estados Unidos está o Sargento Jesse Owens, um Afro-americano. Apesar de Owen ter mais experiência nos tanques de destruição, vários integrantes da equipe de Owens estão relutantes em colocar sua fé num piloto de tanque negro, Quando as circunstâncias se tornam adversários com o stress e o medo a manifestar-se, Owens sabe que devem colocar de lado as suas diferenças para impedir o inimigo de executar o seu plano mortal. Sabendo que uma vitória sobre os Nazis significa uma vitória para a justiça racial, Owens e seus homens encontram uma maneira de trabalhar juntos para salvar centenas de vidas numa batalha desesperada contra as maiores dificuldades que eles já enfrentaram.

 

Critica: Começo pela nota como habitual, e a esta produção de Ryan Little dou-lhe um satisfaz. O filme em si é interessante mas peca num ponto fulcral que lhe retira muito do brilho que poderia ter. Vamos por partes.

 

Santos e Soldados: O Vazio versa sobre uma temática que esteve bem patente nas tropas Norte-americanas que combateram os Alemães na Segunda Guerra Mundial, pelo que um filme sobre a temática é sempre interessante dado que o argumento do dito acaba por se criar a ele próprio. Basicamente é isto que sucede neste Saints and Soldiers: The Void. Neste aspecto o Realizador soube aproveitar bem o material que tinha em mãos e apresenta-nos um filme interessante e cativante.

 

O problema desta produção reside, essencialmente, no seu Elenco que tem um fraco desempenho. Por vezes fica-se com a impressão de que este Santos e Soldados: O Vazio foi feito para miúdos e não obstante ser um filme de Guerra com todas as características que este género nos apresenta. A meu ver exigia-se mais, muito mais aos Actores que contracenam e é aqui que o filme perde toda a qualidade não obstante o seu enorme potencial. Com uma performance de jeito da parte dos Actores Ryan Little poderia ter-nos apresentado um filme que entraria, sem qualquer sombra de dúvida, na galeria dos melhores onde se encontra, por exemplo, O Resgate do Soldado Ryan.

 

Por último, os cenários (limitados, muito limitados) não se nos apresentam nada de especial. Podiam, e deviam, estar mais aprimorados e diversificados para que a história fosse mais fácil de se entender. É também muito por causa deste aspecto que este filme acaba por ficar ao nível satisfatório em que o coloco.

 

Concluindo; Santos e Soldados: O Vazio tem a minha recomendação, mas se tiverem algo de melhor para ver não hesitem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:03



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Mandela 1918 - 2013


Triste direit(ol)a


Frase do Ano


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2016)


Publicidade




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D