Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Milagre no Rio Hudson

por Pedro Silva, em 27.11.16

milagre-no-rio-hudson.jpg 

BiografiaDrama - (2016) "Sully"

Realizador: Clint Eastwood

Elenco: Tom Hanks, Aaron Eckhart, Laura Linney

 

Sinopse: Em meados do mês de Janeiro de 2009 um Airbus A320, pouco depois de descolar do Aeroporto LaGuardia, em Nova Iorque, atingiu um grupo de gansos-do-canadá, que resultou numa imediata perda de potência de ambas as turbinas. Sem opções de aterragem segura, o Capitão Chesley “Sully” Sullenberger decidiu com êxito a proeza de amarar o avião praticamente intacto no Rio Hudson, perto de Manhattan, poupando assim a vida dos 155 passageiros, que foram logo de imediato socorridos pelas embarcações locais. Pelo feito histórico, o Capitão “Sully” e a restante tripulação foram considerados heróis nacionais,e condecorados com a Medalha de Mestre da Guild of Air Pilots and Air Navigators. Mas só depois de uma investigação rigorosa sobre a sua reputação e carreira.

 

Critica: Para ser muito sincero aviso desde já que não vou dizer maravilhas sobre esta produção de Eastwood. Não que o “Milagre no Rio Hudson” não esteja interessante e bem trabalhado, mas está longe de corresponder às minhas expectativas. Par ser sincero esperava algo mais de Eastwood, mas o Realizador insiste em fazer filmes cujo público-alvo é – somente – o Norte-americano.

 

Efectivamente o que “fere de morte” este “Milagre no Rio Hudson” é o seu argumento. O dito não tem nada de especial. Ou melhor, até que tem algo de especial, mas este algo diz muito mais aos nova-iorquinos do que a qualquer outro público fora dos Estados Unidos. Eastwood (como veterano que é) já deveria saber disto, mas este continua a insistir nesta sua táctica e parece-me que tão cedo não vai abdicar dela. É uma pena que seja assim, pois Clint Eastwood até que trabalha muito bem as suas produções cinematográficas.

 

Quanto ao elenco… Bem… Este dispensa apresentações, mas a verdade seja dita que gostei muito mais do trabalho de Aaron Eckhart. Tom Hanks mão esteve nada mal e até que interpretou muito bem o seu papel, mas tenho de confessar que gostei mesmo muito mais do trabalho de Eckhart. Aaron pareceu-me muitas vezes bem mais à vontade e interessado em fazer o seu melhor do que Tom Hanks que parece já estar numa de fazer cinema por mero passatempo. Não que o Tom tenha estado mal – repito – mas já não é aquele Tom Hanks que marcou uma geração de actores de Hollywood. Já Laura Linney teve uma prestão “assim, assim”.

 

Quanto aos cenários e banda sonora. Clint Eastwood não costuma desiludir no que aos cenários diz respeito. E realmente este não desiludiu nesta sua última obra. Os cenários estão perfeitos e em linha com o que realmente se passou. Já a banda sonora fica um tido ou nada aquém do exigido.

 

Concluindo; “Milagre no Rio Hudson” é um filme de serão de fim-de-semana, mas não é nada mau pelo que tem a minha recomendação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Mandela 1918 - 2013


No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Frase do Ano


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2017)


Publicidade




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D