Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



imgS620I174804T20160514132704.jpg 

Imagem de zerozero

 

Começo por dizer que acho ridículo isto de se marcar um jogo da nossa Liga NOS para as 11h45 de um sábado. E digo tal coisa pelas mais variadas razões. A primeira é a de que não estamos em Inglaterra onde a noite tem o hábito de marcar presença a partir das 15h, segundo cá por Portugal há quem trabalhe e precise das manhãs de sábado para descansar e terceiro tal esplendorosa iniciativa da Liga Portuguesa de Futebol Profissional poderá ser do agrado dos Asiáticos (tenho dúvidas) mas irá fazer com que os Estádios de futebol em Portugal fiquem - ainda mais - vazios. Em Espanha também tentaram este modelo mas acabaram por o abandonar porque por lá o adepto merece respeito e como tal a maioria dos jogos de La Liga disputam-se entre as 15H e as 18H do fim-de-semana (e não é por isto que o mercado Asiático deixou de acompanhar o futebol de Nuestros Hermanos). No fundo e no cabo isto é o reflexo do velho problema dos Tugas: importar o “lixo “ dos outros. Adiante.

 

Relativamente ao jogo (aquilo que realmente interessa neste momento) digo-vos que aquilo que se viu no Dragão não é como o algodão. O resultado final engana! E muito! È que os Dragões não fizeram um jogo que justificasse uma vitória “gorda” ante os Axadrezados. O que aconteceu foi somente a natural imposição da “lei do mais forte” até porque em termos de jogo jogado o Boavista foi, de longe, a melhor equipa em campo dado que o Futebol Clube do Porto cada vez mais parece uma equipa onde a única filosofia de jogo é bola para a frente que o jogo é do campeonato.

 

E preocupa-me a forma como este Futebol Clube do Porto joga. Confesso que não era um grande simpatizante de Julen Lopetegui mas com este a equipa Azul e Branca tinha uma linha de jogo (pecava por ser sempre a mesma fosse qual fosse o resultado) mas com José Peseiro não existe linha alguma. Não existe absolutamente nada. Os sectores não se coordenam entre si e o jogo actual dos Dragões é basicamente “cada um por si” e alguém que resolva. Apenas Sérgio Oliveira, Herrera (quando não é pressionado pelo adversário) e Rúben Neves é que ainda tentam fazer uma espécie de “colagem” entre os vários sectores da equipa. E nem sempre são bem-sucedidos nesta “missão impossível”.

 

Em suma; o Futebol Clube do Porto não está bem e chega muito mal à Final do Jamor. Se a forma como está a jogar vai ser suficiente para derrotar o SC Braga de Paulo Fonseca? Não creio que o seja, mas a verdade é que o Braga está neste momento num profundo decréscimo de forma. Vamos a ver… O que eu espero não ver na próxima época é José Peseiro sentado no banco do FC Porto pois quem em quase 6 meses de trabalho não consegue apresentar uma filosofia de jogo não serve, obviamente, para comandar o Futebol Clube do Porto.

 

Chave do Jogo: Apareceu ao 56´ do jogo. Foi nesta altura que os Portistas alcançaram o segundo golo que particamente sentenciou um bravo Boavista que vinha a dificultar, e muito, o trabalho dos Azuis e Brancos que mesmo em vantagem não estavam tranquilos.

 

Positivo: André Silva. Diz o Povo que “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura” e realmente é assim. André Silva tem trabalhado imenso e hoje marcou um excelente golo. Criou espaços, jogou e fez jogar. Uma aposta que deve continuar pois está visto que este “miúdo” vai longe.

 

Negativo: Jesus Corona. Mau. Péssimo. Não sei o que se passa com o mexicano mas desde a chegada de José Peseiro que o Atleta tem vindo a descer de rendimento. Um bom profissional deve dar sempre o seu melhor mas pelos vitos Corona não pensa assim. E é uma pena dado que talento e qualidade como futebolista é coisa que não lhe falta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Mandela 1918 - 2013


Frase do Ano


Fechar Almaraz!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2016)


Publicidade




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D