Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Bater na mesma tecla só dá nisto Lopetegui

por Pedro Silva, em 02.01.16

imgS620I167473T20160102224420.jpg 

Imagem de zerozero

 

Ponto prévio, já vai sendo mais do que hora de a Liga Portuguesa de Futebol banir de vez as tochas nos Estádios de futebol. Precisei de esperar 15 minutos para poder ver o jogo como deve ser, tal era a fumarada que as Claques criaram por manifesta diversão. Nem quero imaginar a “ginástica” que o adepto que estava na bancada teve de fazer para poder ver o jogo (como se já não bastassem os normais condicionamentos de quem vai ao Estádio ver um jogo).

 

Quanto ao jogo propiamente dito penso que o título deste post diz tudo. Julen Lopetegui insiste e insiste na sua fórmula de futebol de posse, velocidade reduzida e de passes para trás e para os lados até se chegar à área adversária onde o génio individual de um (ou mais) Jogador resolve a contenda a favor do Dragão. Pelo meio temos os defeitos do costume:

 

- Falhas de marcação quando a equipa defende Homem a Homem;

 

- Perder a posse da bola após o adversário pressionar;

 

- Distância demasiado grande entre Jogadores e Linhas, facto que impossibilita o Futebol Clube do Porto de construir jogo;

 

- Fraco aproveitamento dos lances de bola parada tanto a nível ofensivo como defensivo;

 

- Insistência num modelo de jogo que obriga a que os Atletas recebam a bola SEMPRE” de costas para baliza, o que impossibilita a que os contra ataques/transições rápidas possam surgir desaproveitando, desta forma, momentos em que o adversário poderia ser apanhado em contra pé;

 

- A defesa tem SEMPRE (mas SEMPRE) de sair a jogar bastando ao adversário pressionar um bocadinho para que os defesas “inventem” e se crie ali uma situação de muito perigo;

 

- Lentidão de processos, especialmente nas transições defesa ataque quando o adversário “enche” o meio campo e;

 

- Discurso conformista e alienado de Lopetegui como se a derrota seja um mal menor que se resolverá por força do destino e graças do Senhor.

 

Concluindo; se eu - simples adepto - dou por todos estes problemas que dizer de um Treinador profissional com provas dadas de nome Jorge Jesus?

 

Em suma meus amigos e minhas amigas, Julen Lopetegui está há duas temporadas no comando técnico do Futebol Clube do Porto e ainda percebeu o que tem de fazer para estar ao nível dos pergaminhos do Clube. Contudo não existem soluções mágicas pelo que há que ir com este Treinador até ao fim do Campeonato ou até ao momento em que se perceber que o Basco perdeu o controlo e confiança do plantel.

 

Duas notas finais; após o jogo estar finalizado é muito fácil dizer-se que o André André deveria ter entrado de início (era evidente que o Sporting CP a jogar com um meio campo reforçado) mas quem trabalha com os jogadores a semana toda é o Treinador e ele é que sabia se o Português estava ou não em condições de dar o seu melhor nesta partida. Por isto não vamos por este caminho. Já criticarmos Lopetegui por tardar nas substituições e por ter “queimado” (mais uma vez) André Silva eu já sou como o outro e dou-vos toda a razão.

 

Chave do Jogo: Apareceu ao 65' da partida. Cruzamento de João Mário e Slimani cabeceia à barra. Na recarga, Bryan Ruiz remata de fora da área para a defesa de Casillas. A partir deste momento o Sporting Clube de Portugal tomou conta do jogo e o Futebol Clube do Porto nunca mais conseguiu assentar o seu jogo. A partir daí a derrota Azul e Branca acabou por ser uma naturalidade.

 

Positivo: Jesús Corona. O Mexicano foi o único Atleta dos Portistas que tentou “remar contra a maré” e dar o seu melhor. Na segunda parte acabou por “perder um pouco de gás” e não se deu mais por ele

 

Negativo: Julen Lopetegui. Teimoso, exageradamente teimoso o Treinador dos Dragões continua a insistir num modelo de jogo que impede que os seus Jogadores possam dar o seu melhor, para além de que voltou a estar mal nas substituições.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:51


2 comentários

Imagem de perfil

De HF a 03.01.2016 às 01:14

Olá, já se esperava.Jesus jamais perdera um jogo para Lopetegui.Segunda parte nula zero, muita posse de bola e resultado nada.O porto de Lopetegui não sabe jogar em contra ataque.O porto de Lopetegui não tem soluções para dar a volta a resultados.O porto de Lopetegui é o discurso miserável igual ao do ano passado,aquando da derrota "tenho a certeza que serei campeão"um treinador que so por uma vez esteve na frente do campeonato.O problema é que esta agarrado á cadeira de sonho e não sai como o P.Fonseca, fez sair por o próprio pe,sim porque por menos saiu, e nem pouco mais ou menos teve o poderio deste plantel.
Abraço,
bem haja
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.01.2016 às 15:03

O Sporting foi um justo vencedor teve mais raça mais crer o meu campo deles ganhava as segundas bolas todas. Do Porto quero destacar mais uma grande exibição do Danilo Pereira. Eu não gosto do LOPETEGUI acho que ele tem 1 complicometro na cabeça, mas há uma coisa que me faz muita confusão, diz- se que o mesmo tem ao dispor um plantel de milhões e que o Paulo Fonseca tinha um plantel de tostões. Fico a pensar e o quarteto defensivo do Paulo Fonseca era Danilo (Real Madrid), Otamendi e Mangala (M. City) e o Alex Sandro (Juventus) tudo equipas e campeonatos fracos. O plantel actual tem Maxi Pereira (oportunidade de negócio), um tripla de centrais que é o Martins, o Maicon e Marcano (os 3 M de merda), os três juntos amarrados a um caixa de Skipe + 1 torrão e 50% em cartão eu nãos os queria nem dados depois temos 1 defesa esquerdo jeitoso admito (é dos melhores destro adaptados à esquerda mas não deixa de ser 1 adaptado) que veio da 2 divisão Inglesa. A linha avançada no ano passado ao menos tínhamos Jackson (em 10 oportunidades falhava 4 ou 5) e a suplente o Aboubakar, agora o Aboubakar é o nosso titular (em 10 falha 9) mas não se preocupem temos como alternativa um Italo- Argentino que neste momento está na esteticista a limar as unhas e de seguida vai a Cabeleiro enquanto houve o último álbum dos Iron Maiden (ou seja ta- se a cagar para isto) como este dois Ponta de lanças dão muita garantia o Porto teve recorrer à equipa B e chamar o miúdo André Silva (na situação que aquipa vive é para queima- lo) mas não se preocupem eu não percebo nada de futebol o plantel é como diz a imprensa escrita e falada e os adeptos vão no engodo, é um plantel de milhões. Ps. Já agora o Porto tem sempre a possibilidade de fazer regressar o Adrian Lopez, 1 craque do caraças no valor de 11 milhões (milhões de treta, vá lá a gente entender estas negociatas com o Atlético de Madrid) .

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Mandela 1918 - 2013


Frase do Ano


Fechar Almaraz!


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2016)


Publicidade




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D