Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Devil May Cry

por Pedro Silva, em 30.04.14

Devil May Cry é um anime baseado no jogo Devil May Cry criado originalmente pela Capcom.

 

Foi produzido pela WOWOW TV Network no Japão e teve sua estreia no dia 14 de Junho de 2007 com um total de 12 episódios.

 

O anime foi produzido no estúdio de animação Madhouse e foi dirigido por Shin Itagaki. Bingo Morihashi, um dos escritores do segundo, terceiro e quarto jogo também participou na criação do desenho. O primeiro teaser-trailer, foi divulgado online pelo site oficial de Devil May Cry onde foi revelado que Dante, o personagem principal dos jogos da saga, seria o protagonista.

 

Depois de sua estreia no Japão em 14 de Junho de 2007, no dia 5 de Dezembro do mesmo ano, a ADV anunciou o lançamento do anime na versão inglesa, que foi para o ar no dia 5 de Fevereiro de 2008. Há intenção por parte da produtora da série de produzir outras 2 temporadas.

 

A série cria uma ponte entre o primeiro e quarto jogo de Devil May Cry, e marca o retorno de personagens como Trish e Lady.

 

Dante ainda trabalha como caçador de demônios na sua loja, Devil May Cry, e continua com problemas financeiros. A história principal do anime começa quando Dante é contratado para proteger uma menina chamada Patty Lowell, uma órfã que acaba de receber uma fortuna e todo o patrimônio do falecido pai. Ao mesmo tempo que Patty quer encontrar a mãe, seus parentes e os demônios querem mata-la para ficar com a herança destinada a ela. Para além disto os demônios querem a Patty, pois ela carrega consigo um colar que é a lágrima de Alan Royal. O colar é uma espécie de chave que, se for destruído, liberta o poder de Abigail, o rei dos demônios.

 

Sinceramente achei uma certa piada ao anime apesar de ser demasiado curto, se bem que a forma como este termina deixa a entender que irão surgir novos episódios.

 

Para quem não goste do jogo é capaz de ser um anime pouco interessante porque não tem uma história que estimule, mas para quem for fã do Devil May Cry, como é o meu caso,  a série é interessante dado que tem a sua piada ver o Dante fora da PlayStation.

 

Este é um anime que facilmente se encontra no youtube.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:34


O meu Anime (XXXIV)

por Pedro Silva, em 29.04.14

Dante - Série Devil May Cry

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:02


Serrões

por Pedro Silva, em 28.04.14

Ao contrário do habitual não fiz a análise da última partida do Futebol Clube do Porto. Não o fiz por desânimo e muito menos por mau perder, mas sim porque não vale a pena estar aqui a repetir sempre a mesma coisa todas as semanas. A época ficou irremediavelmente perdida quando a Direcção Azul e Branca cedeu á pressão dos adeptos e despediu Paulo Fonseca. O resto é tudo letra e fantasia dos Grandes Pensadores da Bola que tudo dizem saber.

 

Agora uma coisa é certa, posso não gostar de perder para o eterno rival da Luz, assim como posso não ver com agrado os adeptos do SL Benfica a festejar um mais que merecido Título de Campeão, mas nunca terei um tipo de comportamento à Manuel Serrão. Daí que quando viste o facebook de uma página que se diz Portista me sinta deveras incomodado com este tipo de palavreado:

 

os lampiões ganharam...deixem-nos festejar à vontade. Mas lá no cantinho deles. Agora levarem-nos para o nosso meio? Permitir que tirem selfies e drownies e o que quer que seja no nosso templo...no meio de nós??? Foi ridículo ver "portistas" a permitir os festejos efusivos e insultuosos de alguns lampiões nas bancadas centrais. Como se estivessem em casa. Mais ridículo foi ver um "portista" todo contente a tirar fotos a uns benfiquistas com o nosso estádio como fundo...na bancada central!!! 

 

Orgulhosos dos verdadeiros e 
"enojados" dos que pisam a nossa mística nas bancadas!

E mais uma vez...estamos a falar exclusivamente do FCP das bancadas...

 

HONRA E GLÓRIA AOS VERDADEIROS! 

 

Nota: daqui a 2 semanas...que nem pensem em fazer outra vez piquenique no Dragão. A paciência esgotou-se! A partir de agora...RED ALERT!

 

Pensava eu que depois de tantas vitórias, tantos Campeonatos, tantas Taças Nacionais e Internacionais, tantos festejos no Estádio da Luz e tantas Finais ganhas pelo Dragão que o raio do complexo de inferioridade já tinha passado e que os que se dizem “Verdadeiros” se preocupavam somente com o Futebol Clube do Porto, mas não.

 

Pelos vistos o Clube Azul e Branco tem de ganhar sempre e pode festejar onde lhe apetecer, já os outros não podem fazer nada porque é o "RED ALERT!"

 

No fundo e no cabo a época que está a terminar foi ditada quase que exclusivamente pelos “Verdadeiros” que até fizeram esperas á porta do Dragão e agora os "Verdadeiros" queixam-se...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31


O Tambor

por Pedro Silva, em 27.04.14

Drama, Guerra (1979) - Die Blechtrommel

Realizador: Volker Schlöndorff 

Elenco: Mario Adorf, Angela Winkler, David Bennent, Katharina Thalbach

 

Sinopse: Adaptação do romance homónimo do Prémio Nobel Gunther Grass. Conta a história da primeira metade do século XX na Alemanha através da odisseia de uma criança precoce que aos três anos decide voluntariamente não crescer, lançando-se pelas escadas, e que com o tambor de que nunca se separa, se torna a testemunha dos sobressaltos da história alemã.

 

Critica: Espectacular. Uma crítica profunda à Sociedade da Alemã e Ocidental que nos toca profundamente.

 

Muitos são os enigmas que o filme nos vai colocando e tal exige uma clara atenção da parte de quem o assiste para que se perceba que este filme vai muito para além da política que levou o Mundo à Segunda Grande Guerra.

 

Uma palavra de apreço para David Bennent que fez aquilo que se chama de “papelaço”. Bennent é Oskar e este pequeno grande Actor consegue que sintamos um carinho especial pela sua causa e Vida.

 

A mim pouco ou nada me interessa, mas O Tambor recebeu um Óscar em 1980 (EUA) na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, uma Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1979 (França) na categoria de Melhor Filme, um Prémio Bodil em 1980 (Dinamarca) na categoria de melhor Filme Europeu e na Academia Japonesa de Cinema 1982 (Japão) venceu na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. Todos eles merecidos na minha opinião.

 

É um filme que recomendo. Alerto apenas para o facto de ser um filme muito longo, mas muito, muito interessante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:13


Foi há 40 anos

por Pedro Silva, em 25.04.14


Que conquistamos a nossa Liberdade para a entregarmos a Troikas, Agências de Rating e afins...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

Pág. 1/6



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Mandela 1918 - 2013


No a l'opressió d'Espanya!


Catalunya lliure!


Frase do Ano


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2017)


Publicidade



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D