Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Segurança Social? Crie-se uma Taxa!

por Pedro Silva, em 27.04.12

 


Ainda há uns dias atrás a Opinião Publica debatia a viabilidade ou não do actual sistema da nossa Segurança Social e aos poucos ia-se colocando em causa o facto de haverem demasiadas Reformas Douradas (Reformas com valores de 1.000€ para cima). Inclusive sugeriu-se a aplicação de um valor limite ás Reformas porque a continuar assim as Gerações futuras não terão direito a absolutamente nada quando se retirarem do Mercado de Trabalho devido á idade.


 


Diga-se a título de curiosidade que este "tecto" das Reformas é algo que já está em vigor há muitos anos na Suíça. Pode não ser a solução perfeita para o problema, mas pelo menos os Suíços fizeram algo para evitar um rápido colapso da sua Segurança Social. 


 


A meu ver este tal "tecto" nas Reformas poderia ser uma tremenda ajuda para Portugal que é um País que actualmente enfrenta uma Taxa de Desemprego galopante, e como todos sabemos se não se trabalhar não há descontos para a Segurança Social.


 


Mas tal ideia parece ter desagradado a Paulo Portas que rapidamente veio colocar de parte esta medida. Razão para tal? Não a deu. Simplesmente disse que não se podia aplicar tal medida e ponto final. Mas o Líder do CDS não podia ficar a falar sozinho. Eis então que o seu Camarada de Partido Pedro Mota Soares vêm a terreiro contar a enorme mentira de que a Segurança Social não está em ruptura. Contudo tal não é suficiente para calar as pessoas, porque os Portugueses podem ser pacíficos e comodistas mas não são burros. Havia que lançar uma bomba e de preferência algo que polémico.


 


E cá está ela. Não é a bomba atómica, mas mais parece. E foi estrategicamente lançada por um Bombardeiro do Partido de Portas pilotado pela Sra. Ministra Assunção Cristas. Militante do CDS ora pois..


 


Fica assim satisfeita a vontade do Sr. Ministro dos Negócios Estrangeiros, varreu-se para debaixo do tapete um problema que mais cedo ou mais tarde vai rebentar com um enorme estrondo na Sociedade Portuguesa e retira-se da agenda política um assunto embaraçoso e espinhoso.


 


A isto se chama fazer as coisas pelo outro lado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:12


O fraco triunfo de uma teimosia

por Pedro Silva, em 26.04.12

Antes de mais que fique bem patente que eu sou um forte apoiante de qualquer movimento cívico de cidadãos que pretendam fazer aquilo que o Estado, as Autarquias e Freguesias deveriam fazer. Ou seja, prestar auxilio social a quem mais dele precisa. Agora não posso nem quero pactuar com certas teimosias.


 


Vêm isto a respeito da situação do movimento Es.Col.A que depois de ter sido despejado do edifício onde prestava os seus serviços gratuitamente, resolveu regressar à força ao mesmo para voltar a ser despejado.


 


Dito de esta forma até parece uma cena ridícula, mas infelizmente não é. Não o é porque isto vai muito para além da nobreza do gesto da parte dos membros do Es.Col.A uma vez que existe um certo aproveitamento político da parte de certos partidos de esquerda e de uma certa ideologia: a Anarquia.


 


Nada tenho contra quem pensa de forma diferente da minha, assim como nada tenho contra os Anarquistas e muito menos estou a defender a actuação da Câmara Municipal do Porto numa história que está mal contada de parte a parte. Agora o que eu sei é que vivemos numa Sociedade com regras e com meios próprios para se resolverem este tipo de questões.


 


Daí que pergunte porque razão este movimento insiste nesta sua teimosia de tomar o edifício pela força em vez de recorrer ao apoio jurídico que pode ser gratuito e que os levaria a uma vitória tardia mas certeira se o caso for bem trabalhado.


 


Mas pelos vistos os membros do Es.Col.A estão mais preocupados com a luta política do que com as pessoas da Fontinha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:00


Afinal a Bola é quadrada

por Pedro Silva, em 26.04.12

 



E pronto, contra tudo e contra todos eis que esta Temporada a Champions vai ter uma Final totalmente inesperada. E isto porque o Bayern e o Chelsea eliminaram os favoritos Real Madrid e Barcelona. E ainda para mais estas eliminações foram em Espanha, o que faz destes dois Finalistas os mais improváveis de toda a História da Liga dos Campeões.


 


Mas o melhor no meio de tudo isto não é isto.


 


O melhor dos melhores é que graças a este gesto da parte do Futebol caíram por terra todas aquelas teorias tresloucadas de que as Finais das Competições "Uefeiras" são definidas á partida e que na UEFA só existem Homens de chapéu alto com ideias caducas e ultrapassadas. È nisto que dá olhar para o Mundo do Futebol pensando sempre que a Bola é redonda e não quadrada. 


 


Agora de certeza que certos egos inchados se vão calar e que uma certa Petição sobre as Novas Tecnologias no Futebol vai continuar bem guardada numa qualquer gaveta de uma secretária da Assembleia da República.


 


Um aparte para terminar; eu tinha dito aqui que se o Real Madrid CF alcançasse a final de Munique que tal seria um tremendo pesadelo para o clube Catalão. Contudo perante o que aconteceu tenho de mudar a minha opinião e apelidar os Culès de sortudos por razões mais do que óbvias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00


Feios, Porcos, Sujos e Maus

por Pedro Silva, em 26.04.12

 


Depois de ter visto atentamente este documentário fica aqui a pergunta da minha Sondagem: Portugal precisa de um novo 25 de Abril? A resposta é mais do que óbvia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00


Até eles sentem a Liberdade

por Pedro Silva, em 25.04.12

 


In: facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


gatos no telhado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Mandela 1918 - 2013


Triste direit(ol)a


Frase do Ano


Portugal é uma Democracia

13769388_930276537084514_2206584325834026150_n

CR7 (Bola de Ouro 2016)


Publicidade



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D